Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Perder Peso Fórmula para Emagrecer

Fórmula para Emagrecer

Fórmula para Emagrecer

Nos dias atuais o emagrecimento a todo custo seja por motivos estéticos, seja por problemas  de saúde se tornou quase que  uma obsessão para a grande maioria das pessoas que chegam a utilizar vários métodos para conseguir seus objetivos, inclusive o uso das chamadas fórmulas para emagrecer. Mas será que todos sabem como essas fórmulas mágicas funcionam e qual seus efeitos sobre a saúde dos seres humanos?

Constituição das Fórmulas para Emagrecer

De acordo com especialistas as fórmulas para emagrecer são constituídas por uma cápsula que contém associadas várias substâncias entre elas  inibidores de apetite, diuréticos, laxantes de origem vegetal ou química e em alguns casos pode haver também calmantes e hormônios tireoidianos.

Porém esses  elementos associados podem em determinadas situações dependendo do organismo da pessoa favorecer o aparecimento de efeitos colaterais que em determinados indivíduos podem  trazer sérios prejuízos à saúde.

Efeitos no Organismo do Uso de Fórmulas para Emagrecer

Para alertar os consumidores das substâncias das fórmulas mágicas para emagrecer, os especialistas descreveram alguns efeitos colaterais que podem ocorrer nas pessoas que fazem uso frequente desse tipo de medicação:

  • Fórmulas constituídas por hormônios tireoidianos: De acordo com especialistas esses hormônios foram os primeiros utilizados para o tratamento de pessoas obesas, porém os médicos logo perceberam que eles podiam provocar no paciente arritmias cardíacas, insônia, agitação, irritabilidade, hipertensão e em alguns casos angina e infarto. Posteriormente foi descoberto  que os hormônios tireoidianos além  de favorecer a perda da gordura do corpo do indivíduo também promovia a perda de tecido muscular e ósseo o que poderia levar as pessoas a adquirirem osteoporose, além da sensação de fadiga e  fraqueza muscular.
  • Fórmulas constituídas por inibidores de apetite: Os especialistas alertam que o uso de medicamentos à base dessas substâncias podem provocar no indivíduo insônia, hipertensão arterial, arritmias cardíacas, taquicardia, ansiedade e em alguns casos até episódios de alucinações ou delírio.
  • Fórmulas constituídas de diuréticos: O funcionamento dessas fórmulas se dá através da perda de água pelo corpo, não interferindo na gordura armazenada no organismo do individuo. Em virtude dessa alteração da quantidade de água presente no corpo humano pode ocorrer problemas orgânicos graves como por exemplo perda de sais minerais, cálculos renais e insuficiência da função renal.
  • Fórmulas constituídas de laxantes: A atuação dos laxantes no organismo humano é similar a ação dos diuréticos, ou seja eles causam a diminuição do peso  em virtude da perda de água que ocorre nas evacuações frequentes feitas pelos indivíduos. Segundo especialistas seu uso constante pode provocar uma dependência do intestino da pessoa que só conseguirá evacuar se usar laxantes.
  • Fórmulas constituídas por ansiolíticos ou calmantes: Dentre as outras substâncias, essas podem ser consideradas talvez as mais graves em virtude da dependência psicológica que podem provocar se forem usadas por um período de tempo muito longo. Essas fórmulas são administradas ao paciente para reduzir os efeitos colaterais causados pelos hormônios tireoidianos e pelos inibidores de apetite.

Quanto maior for a dosagem  administrada e maior o tempo de utilização do paciente dessas medicações esses efeitos colaterais podem ser potencializados, sem contar com a dependência que já foi constatada em pessoas que fizeram uso de inibidores de apetite por um longo período de tempo.

Fórmulas para Emagrecer e Reeducação Alimentar

As fórmulas mágicas para emagrecer realmente proporcionam uma perda de peso muito rápido nas pessoas que desejam um resultado imediato. Mas  será que esse emagrecimento persiste por muito tempo?

Os especialistas alertam que além de todos os efeitos colaterais que essas fórmulas podem causar nos seres humanos quando as pessoas param de utilizá-las, se não foram orientadas por um profissional especializado para uma reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos que são comportamentos que realmente provocam o emagrecimento saudável nos indivíduos, podem engordar não só os quilos que  perderam como outros mais, retornando ao estado de sobrepeso ou obesidade.

Por isso que a reeducação alimentar é de extrema importância no processo de emagrecimento, pois uma vez adotados hábitos alimentares saudáveis eles serão sempre utilizados pelas pessoas, proporcionando a elas além da perda de peso corporal uma qualidade de vida muito melhor.

De posse de todas essas informações ficou bem mais fácil para as  pessoas escolherem entre um emagrecimento rápido e radical feito à base de fórmulas mágicas que podem trazer riscos à saúde, ou um emagrecimento gradual e que se mantém de maneira equilibrada por toda a vida que é o realizado com a reeducação alimentar.

Por Salete Dias

TopBack to Top