Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Como emagrecer em 2013?

Muitas pessoas dedicam especial atenção ao ato de emagrecer, mas se esquecem de que tão importante quanto emagrecer é conseguir manter-se no novo peso, sem voltar a engordar! Sendo assim, quero começar este artigo de forma correta e já passando a primeira dica: quando pensar em uma forma de emagrecer, não escolha aquela que você pretende executar por somente duas ou três semanas, mas aquela que você pode pôr em prática ao longo de sua vida sem sentir-se mal. Entendeu?

O “efeito sanfona”, isto é, o ato de emagrecer e depois voltar a engordar, pode ter vários impactos negativos sobre o nosso corpo bem como sobre a nossa auto-estima. Quanto ao nosso corpo, corremos o risco de acabarmos engordando mais do que estávamos anteriormente. Quanto à nossa auto-estima, podemos perder a confiança em nossa própria capacidade de superar o problema de perder o peso extra devido às tentativas frustradas.

É por esse e outros motivos que não recomendamos estratégias para emagrecer rápido, preferindo aquelas que trabalham gradualmente a reeducação alimentar aliada à prática de exercícios físicos e o fim do sedentarismo. Esta sim é uma estratégia bastante acertada, capaz de levar a uma perda de peso gradual que dificilmente levará ao efeito sanfona – dependendo somente da própria pessoa manter os novos hábitos. Emagrecer não é difícil, entretanto exige muita disciplina e determinação, e nisso não há dúvidas!

Então, se você considera que seu corpo não é o mais perfeito de todos, que precisa fazer algo para melhorar suas curvas, bem como sua saúde, tome este conselho e procure traçar uma meta tangível. Nada de querer perder quilos e mais quilos em somente algumas semanas – em vez disso, trace uma meta mais tangível, como perder 1,5 kg ou 2 kg por mês. Desta forma, talvez você não atinja o seu peso ideal em um mês ou dois, porém muito provavelmente o conseguirá de forma bastante natural, com pouco ou nenhum impacto sobre o seu corpo.

Alimentos saudáveis

Para a manutenção do peso e da saúde é preciso alimentar-se de forma correta através do consumo de alimentos saudáveis. Será que a população conhece os alimentos que compõe uma dieta saudável? Discutiremos qual a ação desempenhada pelos alimentos na promoção da saúde.

Os benefícios dos legumes à saúde

Muito se fala em como esses alimentos são importantes para a saúde do organismo. Iremos aqui entender um pouco mais sobre os legumes e porque eles são tão importantes. Os legumes podem ser definidos com as partes comestíveis de uma planta. Apesar desta definição, qualquer parte da planta que possa ser consumida é considerada legume.

Os legumes predominam em preparações salgadas, um pequeno número de preparações doces podem ser composta por legumes. Os legumes como abobrinha e batata podem ser consumidos cozidos já outros como tomates e cenoura podem ser consumidos crus. Os legumes podem compor as refeições como almoço e jantar e com a ajuda da criatividade pode também ser servido como petisco.

Os legumes são alimentos que possuem uma grande concentração de vitaminas e minerais, no entanto apresentam uma pequena quantidade de lipídios. Com a ingestão de legumes pode-se obter substâncias chamadas de fotoquímicos que promovem o fornecimento de antioxidantes e fortalece o sistema imunológico.

Alimentos saudáveis

O benefício das frutas

Em uma alimentação que possa promover a saúde a presença das frutas é primordial. O significado atribuido as frutas é o de que elas representam a florescência das plantas. Em sua grande maioria as frutas apresentam sabor doce, na dieta são consideradas frutas todo fruto comestível obtido através das plantas.

Através das frutas pode-se obter diversos tipos de sucos e várias bebidas como as que são fermentadas ou as que apresentam álcool. As fibras, vitaminas e minerais fazem parte dos benefícios que podemos obter pelo consumo das frutas; o consumo destes alimentos favorece a prevenção de doenças mantendo o organismo saudável.

Benefícios dos cereais na alimentação

Os cereais são alimentos fontes de carboidratos, de vitaminas e minerais e em contrapartida apresentam pequena quantidade de lipídios. Diante da importância dos carboidratos recomenda-se que a versão integral destes alimentos sejam priorizadas pois além de fornecer energia e vitaminas, fornece também um importante nutriente ao organismo que são as fibras.

Uma alimentação balanceada deve conter alimentos ricos em carboidratos como massas e biscoitos; é importante não exagerar na ingestão de carboidratos pois eles promovem aumento de peso corporal.

O benefício das carnes e peixes na alimentação

Na carne de boi tem-se uma importante fonte de proteínas, além de vitaminas como a B12 e minerais como o ferro e o zinco. O equilíbrio alimentar é importante na promoção da saúde, a ingestão em excesso dos alimentos pode acarretar problemas a saúde do indivíduo. O consumo de carnes vermelhas é importante, porém deve estar associado a ingestão de outros alimentos como os legumes e as frutas.

Uma dieta saudável deve conter alimentos como peixes, eles são importantes fontes de vitaminas e minerais além de nutrientes essenciais. Um aspecto a ser destacado no consumo de peixes é que devemos escolher os que apresentam menor quantidade de compostos considerados tóxicos ao organismo. O ômega 3 e ômega 6 são gorduras essenciais que promovem diversos benefícios ao organismo e podem ser encontrados nos peixes.

Já os crustáceos são alimentos que contém carotenóides que são substâncias que protege a pele e o organismo de doenças. O leite e seus derivados assim como os feijões, ervilhas e lentilhas que fazem parte do grupo das leguminosas também devem ser consumidos com frequência para que se possa obter todos as substâncias nutritivas dos alimentos.

Uma dieta considerada saudável deve ser composta por diversos tipos de alimentos, a variedade e qualidade alimentar auxilia o indivíduo a conseguir uma maior expectativa de vida. A alimentação permite que o indivíduo mantenha-se saudável, para isso é necessário escolher corretamente os tipos de alimentos que deverão fazer parte da dieta do indivíduo.