Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Perder Peso Como emagrecer com saúde?

Como emagrecer com saúde?

Se esta é, assim como de muitas outras pessoas, a sua dúvida (isto é, saber como emagrecer com saúde), então é importante lembrar-se que pequenos passos sólidos produzem resultados muito mais duradouros (principalmente quando o assunto é emagrecer) do que dietas rápidas e sem acompanhamento profissional.

Anteriormente, escrevemos um artigo intitulado como perder peso com saúde, que tem ajudado muitas pessoas a compreenderem melhor como cuidar de sua forma física sem prejudicar sua saúde. Hoje, traremos uma compilação de várias outras dicas interessantes para quem deseja emagrecer mas não quer arriscar sua saúde.

Um rápido guia para emagrecimento e manutenção do peso

  • Certifique-se de estabelecer metas realistas que você possa cumprir, além disso mantenha o pensamento positivo que você irá trabalhar e alcançar suas metas. Você deve ter metas para serem cumpridas a longo e curto prazo. Os objetivos de longo prazo irão ajudar a mostrar onde você quer chegar, e os objetivos a curto prazo irão ajudá-lo a permanecer motivado ao longo do caminho por estar vendo resultados e sentindo o progresso;
  • Quando você começar a sentir o progresso, é importante ir até o fim, e não parar no meio do caminho. Isso lhe dará uma boa ideia de onde você esteve, e onde você irá conseguir chegar, caso mantenha os planos estabelecidos. Isso tudo faz parte da organização e disciplina que envolve o processo de emagrecimento e manutenção do peso;
  • Você deve fazer mudanças graduais, as mudanças bruscas são geralmente menos propensas a serem mantidas. Você precisa fazer mudanças no estilo de vida, que envolvam a maneira como você lida com as refeições e a prática de exercícios. Sua dieta precisa ser nutritiva e equilibrada para o seu corpo e sua saúde. É importante implementar mudanças de forma que você possa entender e gostar;
  • Após conseguir compreender e aceitar as mudanças no estilo de vida que levam a perda de peso, todo o resto do processo ficará mais fácil. Essas mudanças quando são incorporadas, além do indivíduo obter a perda de peso, ele consegue facilmente manter-se magro e dentro do peso ideal. Isso é muito importante, pois quando as mudanças no estilo de vida não são incorporadas, o indivíduo facilmente adquire todo o peso que foi perdido com a realização da dieta;
  • Não se deixe desanimar. Às vezes as coisas dão certo, e às vezes nós cometemos erros. Tudo que você tem a fazer é manter-se positivo, autoconfiante e seguir em frente. Se você permanecer positivo, você vai ver uma diferença notável na forma como você lida com as situações. Você também vai ser mais feliz, mais saudável e menos estressado;
  • É importante que você dê valor as suas conquistas, mas isso não deve desviar-lhe do seu foco. Muitas das vezes, quando se começa uma dieta, logo as pessoas começam a comentar que o indivíduo está mais magro, e isso pode fazer com que a pessoa relaxe e desvie-se um pouco da dieta, é importante que isso seja evitado. Mesmo que os elogios comecem a surgir, mantenha-se dentro do seu objetivo, procure utilizar os elogios como uma forma de motivação.

Emagrecer com saúde, sem arriscar sua integridade física, requer muito trabalho e dedicação, então você precisa desses dois fatores para manter seu espírito elevado e suas metas realistas. Usando as dicas desse pequeno guia para perder peso, você poderá colocar em prática o desejo de emagrecer e o mais importante de conseguir manter-se magro por muito mais tempo.

Emagrecendo com saúde

Berinjela emagrece?

Todo mundo que tem interesse em acompanhar as notícias sobre como perder peso já ouviu ou leu em algum momento da vida que berinjela auxilia  no emagrecimento das pessoas, mas  será realmente que a berinjela emagrece? Veremos a seguir:

Conhecendo um pouco mais sobre a berinjela

Muito conhecida como emagrecedores o suco ou a água de berinjela ainda carecem de mais estudos científicos, pois até o momento se tem notícia da realização de uma pesquisa sobre o tema que atestou que o legume teria a função de auxiliar na perda de peso corporal dos indivíduos. O que existe também são as realizações de  estudos sobre o poder da berinjela de auxiliar a diminuir os altos índices de colesterol no organismo dos seres humanos.

Porém na área de emagrecimento houve somente uma pesquisa realizada pela Universidade Federal  do Rio de Janeiro (UFRJ) que comprovou sua provável eficiência, e devido a isso alguns terapeutas recomendam sua utilização para saciar a vontade de comer nas pessoas e ainda prevenir o diabetes e a pressão arterial alta.

Relação da berinjela com a hipertensão e o diabetes

Alguns estudos científicos realizados com a berinjela revelaram que ela pode auxiliar nos  problemas de fluxo  sanguíneo, por isso muitos terapeutas  aconselham seus pacientes a consumi-la para ajudar seu organismo a enfrentar as enfermidades. Porém todos eles alertam que nada substitui a medicação prescrita pelo profissional da área médica para combater problemas relacionados à saúde.

Quando se fala em perder peso muitos especialistas indicam também o consumo da berinjela, pois na verdade já houve pesquisas que comprovaram através de testes e obervações suas possíveis propriedades emagrecedoras.

O que se sabe sobre a berinjela é que esse legume é rico em fibras, auxiliando assim o processo da digestão nos indivíduos e também é muito nutritivo sendo indicado por isso para o desconforto da constipação intestinal ou complicações do aparelho digestivo como indigestões, problemas no estômago e no fígado por exemplo.

Alguns especialistas ressaltam a importância da berinjela na alimentação em virtude dela ser rica nas vitaminas A, vitamina C e vitaminas B1, B2 e B5, além de proteínas , alcaloide e minerais como magnésio, potássio,cálcio, ferro e fósforo.

Propriedades da Berinjela

De acordo com os pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que realizaram um estudo científico sobre o poder emagrecedor da berinjela, a farinha que pode ser feita com ela pode fazer a pessoa que está acima do peso corporal emagrecer até cinco quilos em somente trinta dias. Para tornar essa farinha mais fácil de ser consumida os especialistas orientam seu consumo misturada à sopas, caldos,vitaminas e sucos.

Além de possuir a vitamina C, vitamina A e as vitaminas do complexo B que contribuem para melhorar as defesas do organismo e também promovem uma melhora na visão humana, a berinjela é um alimento pobre em gorduras mas muito rica em água.

De acordo com as pesquisas as cascas desse legume também apresentam a  propriedade de prevenção contra células cancerosas. Um dos principais benefícios da farinha é que mesmo tendo uma grande quantidade de sódio  ela  pode ser ingerida sem nenhuma complicação por indivíduos com problemas de pressão arterial alta.

Segundo os especialistas além dessa farinha auxiliar na perda de peso corporal, ela age aumentando a sensação de saciedade, regula o intestino e auxilia na redução do mau colesterol (LDL), além de favorecer o tratamento de pessoas portadoras de reumatismo ou artrite.

Considerações Sobre o Suco de Berinjela

Segundo especialistas o suco de berinjela além de emagrecer pode  reduzir em até trinta por cento o problema do colesterol ruim ou LDL. Alguns estudos científicos revelaram que a berinjela pode auxiliar na redução dos níveis altos de colesterol no organismo, porém essa pesquisa ainda carece de comprovação científica.

Os terapeutas aconselham o consumo da berinjela para emagrecer pois afirmam que ela tem a propriedade  de promover sensação de saciedade, além de prevenir diabetes e pressão arterial alta. Os profissionais da área de saúde orientam que se tomados como lanches nos intervalos das refeições esses sucos podem realmente emagrecer, pois promovem  a saciedade e melhoram o trato intestinal.

É importante saber que a berinjela só consegue auxiliar no emagrecimento se for combinada com uma dieta alimentar balanceada em conjunto com a prática de esportes ou atividades físicas. Ao menor sintoma de doenças como colesterol alto, diabetes ou outras, as pessoas devem imediatamente marcar uma consulta com um médico.

Vale ressaltar que os estudos científicos sobre o poder emagrecedor da berinjela ainda precisa ser mais aprofundado pela comunidade científica.

Chá para emagrecer – fatos

Quem nunca foi até uma farmácia e, percebendo a necessidade de perder peso, não se interessou por comprar algum chá para emagrecer? Mas, como funciona? De que é feito? É possível confiar nele, isto é, há algum risco para a nossa saúde? Vamos então começar agora uma discussão sobre o assunto.

Substâncias ativas presentes nos chás para emagrecer

Se você está buscando o uso de chás para promover o emagrecimento, não pode esquecer de também praticar atividades físicas ou esportes, bem como ter uma alimentação saudável! Tais atitudes podem contar muitos pontos favoritos em sua luta pela perda de peso.

Uma planta muito utilizada nos chás para emagrecer é a Camellia Sinensis, que apresenta atuação como antioxidante, prevenindo assim o envelhecimento celular, e emagrecedora, na medida em que ajuda a eliminar o excesso de líquidos presentes no organismo.

Consumindo chás para emagrecer

Nutricionistas e nutrólogos alertam quanto ao horário em que esses chás são consumidos, devendo-se fazê-lo principalmente entre as refeições principais (café da manhã, almoço ou jantar). Alertam também quanto à finalidade do chá no processo de emagrecimento – um determinado tipo de chá pode ajudar a emagrecer por meio da queima de calorias, inibição do apetite ou liberação de líquidos retidos.

A ingestão de chá para emagrecer em concentração elevada por trazer certos riscos à saúde, como desidratação ou mesmo infecções intestinais. Desta forma, a vigilância sanitária recomenda evitar adquirir chás emagrecedores em feiras livres, onde muito dificilmente pode-se garantir a proveniência e qualidade do mesmo.

Devido à sua composição química, mesmo os chás apresentando somente compostos à base de substâncias naturais podem apresentar contra-indicações, que devem ser levadas em consideração por quem pretende seguir o seu uso.

Hora de emagrecer bebendo chás…

Quatro são os tipos de chás mais conhecidos preparados com a erva camellia: o chá branco, que se utiliza das folhas mais novas e não oxidadas – que apresentam, assim, uma coloração mais clara; o chá verde, cujo processo de fabricação requer a vaporização de suas folhas e traz um sabor um pouco amargo; o chá amarelo, cujo processo se dá de forma similar ao chá verde, mas requer uma secagem das folhas de forma mais lenta; e o chá vermelho, cujo processo de fabricação induz também à fermentação.

A próxima erva que estudaremos trata-se de um composto de ervas como abacateiro, jurubeba, chapeu-de-ouro, carqueja, cavalinha, espinheira-santa e erva de bugre. Juntas, elas compõem um chá conhecido como chá sete ervas, com grande atuação na inibição do apetite e melhoria das atividades intestinais.

Há também certos chás que pesquisadores ainda não encontraram nenhuma contra-indicação. Temos nesse grupo, por exemplo, chás como figo da índia, agar-agar e glucomanan, que auxiliam na saciedade da fome.

Muitos conhecem o óleo de cártamo, cuja venda é permitida no Brasil, mas deve atentar-se ao fato de que o chá de cártamo é proibido, devido a ser considerado um precursor do CLA, uma droga que afeta muito a velocidade de metabolismo em nosso corpo.
Falemos agora sobre a caralluma, uma erva que está ganhando bastante notoriedade por sua capacidade emagrecedora, proveniente de sua natureza bastante fibrosa, desenvolvendo assim a sensação de saciedade da fome.

Um outro chá para emagrecer originário da Índia é preparado a partir da Gymenna. Ainda não há comprovação científica sobre seu uso, mas é acreditado que ajude a retardar a absorção de açúcares.

A eficácia do chá de porangaba ainda não foi confirmada, mas se acredita que o mesmo possui capacidade emagrecedora por meio da aceleração do metabolismo corporal.

Diz-se que a Folia Magra pode ser consumida para causar a sensação de saciedade, mas seu benefício também não foi comprovado cientificamente.

Por fim, vale repetir que cada chá para emagrecer atua de uma forma diferente no organismo humano, de tal forma que o seu uso deveria ser indicado e acompanhado por um nutricionista.

Emagrecer dormindo é possível?

O que parecia um verdadeiro milagre agora já foi comprovado através de pesquisas de que pode se tornar realidade: É possível emagrecer dormindo. Porém os especialistas alertam que não é somente dormir e acordar mais magro, sem nenhum tipo de esforço por parte da pessoa. Vejamos agora como acontece esse processo no organismo dos seres humanos.

Como ocorre esse processo no corpo humano

De acordo com pesquisadores que realizaram um estudo científico sobre a possibilidade das pessoas emagrecerem dormindo e chegaram a conclusão de que existe essa possibilidade se a pessoa fizer exercícios físicos antes do período de repouso. Esse processo se realiza em virtude da utilização por parte do corpo humano de duas fontes para que obtenha a energia necessária a sua  manutenção: A gordura e os carboidratos.

Quando o individuo realiza atividades físicas seus grupos musculares normalmente optam pela utilização dos carboidratos, pois são substâncias mais fáceis de ser  queimadas durante os exercícios. Desse modo quando as pessoas param de praticar seus treinos o armazenamento de carboidratos  é praticamente nenhum, forçando seu organismo a procurar uma outra fonte energética no corpo humano, no caso a gordura. Por isso ocorre o emagrecimento enquanto as pessoas dormem, mas somente se elas praticarem atividades físicas com regularidade.

Atuação de Hormônios Durante o Sono

Pesquisas recentes indicaram que há uma relação entre o tempo que a pessoa dorme e a perda de peso corporal, em virtude da atuação de dois hormônios responsáveis pelo controle de apetite nos seres humanos: A lectina e a grelina. De acordo com especialistas quando as pessoas não conseguem ter uma boa noite de sono, ocorre uma redução na sensação de saciedade que o hormônio lectina produz, em contrapartida há um aumento dos níveis de grelina que é um hormônio responsável pelo aumento da vontade de comer.

Um estudo científico comprovou que nas pessoas que sofrem de insônia há um relevante prejuízo nos níveis do hormônio grelina. Segundo essa pesquisa quando há disfunções relacionadas ao sono, as pessoas que sofrem dessa complicação costumam ter seu apetite aumentado no período diurno, resultando a longo prazo em um aumento do peso corporal. Outro problema relacionado aos hormônios descritos pelos especialistas é que quando o indivíduo não dorme bem há um aumento do nível de cortisol que é um hormônio responsável pelo estresse nas pessoas, provocando uma vontade de se alimentar com substâncias mais calóricos como os carboidratos por exemplo.

Fora isso, o cérebro humano  secreta o hormônio do crescimento que auxilia o organismo a transformar gordura em energia, porém quando o indivíduo não consegue dormir o tempo  necessário para que ocorra  essa conversão, a gordura acaba ficando acumulada em seu corpo.

Opinião de Especialistas

De acordo com um psicólogo especialista em sono nos seres humanos, uma pessoa adulta necessita em média de cinco ciclos de uma hora e meia de sono durante o período noturno, ou seja deve  dormir no mínimo sete horas e meia por dia. No entanto, o profissional ressalta que somente dormir sem nenhum tipo de esforço não faz ninguém emagrecer.

O que realmente emagrece durante o período de sono dos indivíduos é uma dieta alimentar equilibrada, a prática regular de atividades físicas e uma boa noite de sono, onde a pessoa consiga dormir o período suficiente.

Produtos para Emagrecer Dormindo

Existem vários tipo de produtos que são comercializados com a propaganda de fazer a pessoa emagrecer dormindo, dentre eles o que mais se destaca é a quitosana que é uma fibra natural muito utilizada para quem precisa perder peso. De acordo com os fabricantes da fibra.

Durante o período de sono dos indivíduos o organismo deles desempenha sua função de digestão dos alimentos de uma forma mais calma e por essa razão conseguem  ser mais facilmente quebrados inclusive os alimentos com gordura que foram ingeridos principalmente na última refeição do dia antes da pessoa dormir. A quitosana atuaria nesse processo absorvendo a gordura presente no organismo.

É necessário lembrar que tudo na vida exige um esforço por parte das pessoas, e para o emagrecimento não poderia ser de outro modo. Por isso quem está em busca de um corpo mais magro  e mais saudável deve tentar começar pelos dois comportamentos principais: Evitar o sedentarismo praticando atividades físicas e se alimentar de maneira equilibrada evitando alimentos ricos em açúcares ou muito gordurosos.

Por Salete Dias e Christiano Santos

TopBack to Top