Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Obesidade Sou um obeso mórbido?

Sou um obeso mórbido?


Obesidade Mórbida

Esta é uma pergunta cuja resposta podemos, muitas vezes, não encarar como verdadeira. Identificar-se como um obeso mórbido é o primeiro passo para resolver o problema – o próximo passo é, então, procurar ajuda profissional para reverter a situação o quanto antes.

Mas, como comentamos, não é muito fácil aceitar a realidade, principalmente quando não há limites rígidos e bastante claros para declarar um indivíduo como obeso mórbido ou não – uma prática comum é designar pessoas com IMC acima de 40 como sendo obesas, mas essas não são as únicas que se encaixam nesse quadro.

Abaixo, a lista com os critérios para definição do quadro de obesidade mórbida. Se você se encaixa em um deles, deve procurar um nutricionista o quanto antes:

  • Sua massa corporal está acima de 50 kg do valor ideal;
  • Seu índice de massa corporal (IMC) é maior que 40;
  • Seu IMC é maior que 35 e você apresenta vários problemas de saúde geralmente decorrentes da obesidade, como hipertensão arterial ou diabetes;
  • Não é apto a manter o pesso corporal ideal durante algum intervalo de tempo, mesmo após seguir dietas supervisionadoas por nutricionista.

Em quaisquer destes casos, o acompanhamento por um nutricionista será imprescindível a fim de evitar os riscos que a obesidade  impõe ao paciente. Uma pessoa que se identifique como obesa mórbida ou próxima disso deveria seguir as seguintes medidas:

  • Buscar uma reeducação alimentar, gradual e lenta, porém contínua e permanente!
  • Começar a praticar exercícios físicos, de forma similar começando com poucos e leves exercícios e progredindo para outros que ajudem a queimar mais calorias de forma moderada;
  • Procurar um nutricionista, conversar com ele sobre seu quadro clínico e seguir todas as suas orientações;
  • Realizar a cirurgia da obesidade, caso seja indicado pelo seu nutricionista ou médico responsável;
  • Viver a vida feliz como qualquer outra pessoa do mundo – você apresenta um problema de saúde não transmissível e críticas e possíveis zombarias de terceiros não deveriam forçá-lo a ficar em casa, enclausurado, quando poderia estar aproveitando o que pode e merece, como qualquer outra pessoa!

Seguindo estas cinco dicas, estou certo que não somente conseguirá alcançar um estado de saúde mais saudável, mas também aprenderá a lidar com o seu problema de forma bem mais humorada!

E você, meu amigo, já se perguntou “sou um obeso mórbido” hoje?

TopBack to Top