Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Sobrepeso e obesidade

sobrepeso e a obesidade são sem dúvidas problemas crescentes em nossa sociedade atual. O sobrepeso é diagnosticado no indivíduo quando ele apresenta um peso superior ao considerado normal, ou seja, um excesso de peso que ainda não pode ser caracterizado como obesidade, algumas classificações de IMC como a da ACSM (2000) traz o sobrepeso como obesidade grau I. Já a obesidade é caracterizada por um excessivo acúmulo de gordura corporal que pode gerar uma série de outras doenças.

A obesidade assim como o sobrepeso não é uma doença que surge da noite para o dia, ela se caracteriza por ser uma doença crônica que pode surgir mediante a diversos fatores que podem ser genéticos, sociais, ambientais, psicológico entre outros. O indivíduo que apresenta propensão genética à obesidade sem dúvida possui mais chances de desenvolver a doença do que aqueles que não apresentam disposição genética, no entanto para que o indivíduo apresente a obesidade é necessário que ele possua uma ingestão energética superior as suas necessidades basais e ao seu gasto energético, logo a predisposição genética por si só, geralmente não é capaz de causar obesidade.

O IMC, que é um valor encontrado a partir do peso do indivíduo pela altura ao quadrado (kg/m²), é que determina em qual estágio o peso do indivíduo se encontra. Quando o valor do IMC atinge 25 ele é classificado como sobrepeso, quando o valor do IMC é 30 o indivíduo já é classificado como obeso e a partir de 40, recebe a classificação de obeso mórbido de acordo com o seu peso. O aumento do IMC tem associação direta com o surgimento de problemas de saúde considerados graves.

Consequências do sobrepeso e obesidade

  • Problemas respiratórios – A obesidade é uma doença que causa limitação no fornecimento de ar, dificuldades durante as fases de expiração, intolerância a prática de exercícios físicos, enfim, diversos problemas que alteram o processo respiratório do indivíduo.
  • Hipertensão arterial – Essa alteração na pressão arterial do indivíduo pode ser decorrente do acúmulo de gordura na região abdominal bem como de outras alterações no metabolismo provocadas pela obesidade. Além da obesidade estar relacionada com a retenção de sódio.
  •  Problemas cardíacos – O indivíduo obeso apresenta mais chances de derrame, ataques cardíacos, infartos, aterosclerose que se caracteriza pela presença de placas de gorduras nas artérias, entre outros problemas.
  • Diabetes e dislipidemia – Assim como a hipertensão, esses problemas surgem no obeso, mediante as alterações provocadas no seu metabolismo.
  • Problemas de ordem psicológica- Esses problemas quando se relacionam com a obesidade tendem a piorar o estado de saúde do indivíduo, pois causa ansiedade, depressão, baixa autoestima e compulsão alimentar.

Mediante todos esses problemas causados pelo sobrepeso e obesidade é importante o indivíduo seguir uma dieta balanceada bem como recorrer a prática constante de atividades físicas. O sobrepeso é sem dúvida um alerta para que o indivíduo possa corrigir o seu estilo de vida e assim não chegar a obesidade, por isso é importante que a pessoa conheça o seu IMC e que consiga mantê-lo sempre dentro dos parâmetros considerados normais de acordo com a Organização Mundial de Saúde.