Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Combatendo a obesidade na adolescência: uma reforma alimentar agora!

Olá queridos leitores, hoje vamos retomar o tema da obesidade na adolescência e reforçar a importância de uma reforma alimentar aplicada aos nossos jovens.

Como vocês já sabem, a obesidade é o excesso de gordura no corpo e geralmente essa gordura excessiva atrapalha a saúde da pessoa. Existem muitas causas diferentes para a obesidade, algumas delas são fatores genéticos, maus hábitos alimentares, sedentarismo, distúrbios psicológicos e muitos outros.

A obesidade é um problema que vem aumentando nos últimos tempos e os médicos e especialistas vêm se preocupando cada vez mais, no Brasil cerca de 39% das pessoas adultas estão com excesso de gordura corporal, e pesquisas escolares revelam que pouco mais de 30% dos adolescentes estão acima do peso!

A obesidade na adolescência e até na infância podem ser fatores que contribuem para o surgimento de doenças, como a adolescência é uma fase da vida do ser humano que é repleta de grandes transformações a pessoa que for considerada obesa abre caminho para doenças hoje ou mais tarde.

A obesidade quando iniciando na adolescência pode advir de diversos fatores psicológicos, como quando os adolescentes não conseguem lidar com determinadas tarefas ou papeis sociais apropriados à sua idade ou quando não conseguem ter uma boa relação com sua maturidade. Aí vêm os problemas, os adolescentes passam a comer mais para compensar tais frustrações.

Os adolescentes geralmente comem muito para aliviar as pressões de seu interior e as do mundo, tipicamente quando eles têm problemas familiares, psicológicos ou não conseguem ter uma boa relação com seu desenvolvimento acabam comendo demais para compensar.

Os problemas citados a cima, são os principais fatores da obesidade na adolescência e o número de adolescentes obesos vêm crescendo bastante. É muito importante que os pais e as escolas ajudem os adolescentes a desenvolverem bons hábitos alimentares, pois os jovens costumam comer muitos alimentos gordurosos e calóricos e para mudar o quadro de adolescentes acima do peso é preciso uma reforma alimentar.

Essa reforma alimentar deve ser incentivada pelos próprios pais e pela escola, os adolescentes precisam ser conscientizados de que precisam ter uma boa alimentação para poder ter sua saúde fortificada e estar livre da obesidade.

A reforma alimentar

Jovens geralmente comem muitos hambúrgueres, batatas fritas e muitos outros alimentos gordurosos e calóricos. Poucos são os adolescentes que consomem bastante frutas e comidas mais saudáveis, por isso uma reforma alimentar é essencial na vida dos adolescentes.

Como?

Os adolescentes precisam ter uma alimentação mais saudável, e essa alimentação deve ser feita consumindo mais frutas e comidas mais leves.

A alteração do cardápio deve ser vistoriada e seguida pelos pais e pela escola, pois é de muita importância que os jovens tenham uma alimentação mais saudável em casa e na escola, os dois ambientes em que o jovem passa a maior parte do seu tempo e tem suas principais refeições.

Algumas dicas para começar a melhorar  suas refeições são:

  • Substitua sobremesas calóricas por frutas;
  • Introduza mais verduras e legumes nas refeições;
  • Sirva sempre carnes magras;
  • A introdução de alimentos ricos em  fibras alimentares também é importante!

Prefira alimentos mais saudáveis e leves, evite o sedentarismo e pratique mais atividades físicas, reformando nossos hábitos alimentares e estilo de vida evitaremos a obesidade.

Prevenção

Como discutimos na última sessão, para prevenir a obesidade é preciso mudar o cardápio do dia a dia, introduzindo alimentos leves e livres de gordura, evitar o sedentarismo e praticar mais atividades físicas.

É muito importante que as pessoas mudem seus hábitos alimentares para hábitos mais saudáveis, ao invés de consumir muita gordura e alimentos muito calóricos é preciso consumir alimentos mais leves e saudáveis, além de rever a alimentação para evitar a obesidade é muito importante também não entrar para o clube do sedentarismo.

Evitar o sedentarismo praticando mais atividades físicas ou esportivas e gastando mais calorias reduz bastante as chances de obesidade. A boa alimentação aliada com o bom gasto de calorias é um ótimo meio de prevenir o problema.

E aqui estão outros artigos que podem ajudá-lo a ter uma melhor compreensão dos problemas que a obesidade pode causar aos nossos adolescentes, bem como entender cada alimento indicado em nossa proposta de reforma alimentar: