Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

A obesidade é responsável pelo aumento do diabetes?

Um número crescente de pessoas estão a desenvolver diabetes do tipo 2 nos Estados Unidos. Cerca de dezesseis milhões de pessoas no país são diabéticos, embora nem todos eles estão conscientes disso. Com diabetes tipo 2, o organismo se torna resistente a ação da insulina e as células do organismo não reagem a esse hormônio na corrente sanguínea. Diabetes é uma doença considerada complexa por médicos e especialistas. No entanto, há muitas evidências que sugerem uma forte ligação entre a prevalência de obesidade e à epidemia de diabetes.

Breve panorama da doença

A fim de compreender a ligação entre a obesidade e a epidemia de diabetes é necessário saber o que a doença acarreta. O hormônio insulina é produzido pelo pâncreas, sua função é ajudar a chegar glicose nas células. Com o diabetes o pâncreas não produz insulina suficiente e/ ou as células não reagem ao hormônio. Sendo assim, a glicose permanece no sangue e as células não recebem a energia proveniente da glicose. Alto nível de açúcar no sangue pode causar hiperglicemia, que pode causar convulsões, coma e até a morte. Ela também pode causar danos aos nervos, rins, coração, olhos, pele e pés. Se o diabetes não for tratado pode matar e de fato é uma das maiores causas de morte chegando a está na posição de sétimo lugar nos EUA.

Pessoas que nascem diabéticas tem diabetes tipo 1. Pessoas que se tornam diabéticos, mais tarde, têm diabetes tipo dois e podem desenvolver a diabetes tipo 1. Embora os médicos não são saibam exatamente o que causa o diabetes tipo dois, pensam que a genética, raça, idade e estilo de vida desempenham um papel importante. Africano americanos, hispânicos e índios americanos são mais propensos a diabetes do tipo dois que outras raças. Pessoas com parentes diabéticos também são considerados mais sensíveis, como são as pessoas com idade superior a quarenta e cinco.

Ser demasiadamente acima do peso aumenta o risco

Como estão a obesidade e o diabetes ligados? Mais pesquisas são necessárias para compreender a relação entre obesidade e à epidemia de diabetes. No entanto, de acordo com estatísticas, 90% de todas as pessoas do mundo desenvolvido, que desenvolvem o diabetes tipo dois têm IMC elevado. Pessoas com excesso de gordura abdominal são particularmente propensas a ter diabetes tipo dois. O sedentarismo também é considerado como algo que pode aumentar o risco de desenvolver a doença. Como as estatísticas são consideradas algo relevante, pode-se concluir que existe uma correlação entre a obesidade e a epidemia de diabetes.

Como evitar o diabetes

Não há cura conhecida para o diabetes, mas pode ser controlado e evitado. Uma vez que sabemos que existe uma ligação entre diabetes e a qualidade da dieta, é razoável supor que você vai reduzir o risco de obtê-lo se você fizer escolhas mais inteligentes quando se trata da sua alimentação. Se você não quiser adquirir o diabetes tipo dois, consuma mais alimentos frescos e integrais, tais como frutas, legumes, peixes magros e cereais integrais. Você também deve fazer um esforço para incluir mais atividade física em sua rotina diária.

Com exercício físico e uma dieta saudável e baixa em calorias você deve ser capaz de manter um IMC saudável. Entretanto, as vezes o indivíduo precisa recorrer a métodos para tratar a obesidade, como a cirurgia de redução gástrica ou medicação por prescrição para perda de peso. O tratamento pode auxiliar os seus esforços para perda de peso, fazendo com que você emagreça mais rápido do que você teria conseguido sem nenhum tipo de auxílio. Uma coisa é certa, enquanto a obesidade for um problema de saúde pública mundial, a epidemia do diabetes continuará.