Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Zinco

Descrição

O zinco é um mineral essencial para as células vivas, necessário ao nosso organismo em pequenas quantidades. O zinco obtido através da alimentação é uma das principais formas de seu controle no corpo.
O zinco, apesar de pouco conhecido, é tão importante quanto o ferro no organismo.

Dentre as suas principais funções podemos destacar:

  • Diminuição de resfriados, pois auxilia no combate a infecções;
  • Facilita as cicatrizações;
  • É necessário para o funcionamento das células de defesa;
  • Função regulatória no organismo (neurônios e memória).

Quanto à dosagem diária é recomendado o consumo:

  • Recém-nascidos – cerca de 3 mg/dia;
  • Homens adultos – cerca de 11 mg/dia;
  • Mulheres adultas – cerca de 8 mg/dia;
  • Gestantes – cerca de 11mg/dia.

Conseqüências da deficiência

  • Diminuição do apetite;
  • Na gravidez: aumento da taxa de prematuridade, gestação e trabalho de parto prolongado;
  • Infecções intercorrentes;
  • Distúrbios no sistema nervoso.

Conseqüências do excesso

  • Náuseas, vômitos, diarréia e tontura;
  • Anemia;
  • Redução da resposta das células de defesa;
  • Sistema imunológico debilitado.

Alimentos ricos em zinco

  • Carnes de boi, frango e peixe;
  • Ostras, camarões;
  • Leguminosas (feijão, ervilha, etc.);
  • Tubérculos;
  • Grãos integrais.

É importante estar atento à biodisponibilidade (capacidade que o nutriente possui de ser metabolizado pelo organismo) dos alimentos, pois outros fatores podem interferir na capacidade de absorção deste mineral, a exemplo das fibras alimentares e alimentos ricos em cádmio e cálcio.
Aos atletas que praticam intensas atividades metabólicas, recomenda-se o aumento do consumo de zinco, pois a excreção de zinco pelo suor é elevada.

Referências bibliográficas

EMEDIX, Zinco

SAÚDE TERRA, Zinco, o inimigo das infecções

SAÚDE EM MOVIMENTO, Zinco é um forte aliado dos atletas nas atividades aeróbicas

Ciências Nutricionais, J. E. Dutra-de-Oliveira e J. Sérgio Marchini