Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Vitamina B5

Descrição

A vitamina B5, mais uma pertencente ao complexo B, é também conhecida como ácido pantotênico e é indispensável no processo de metabolismo celular, uma vez que, sob a forma de coenzima A (CoA), participa de diversas reações que ocorrem nas células.

Participa também do processo de síntese de gorduras, colesterol, hormônios, neurotransmissor e melatonina.

Outros papéis que a vitamina B5 ocupa em nosso organismo são:

  • Auxilia no processo imunológico, uma vez que participa da formação de anticorpos;
  • Auxilia no metabolismo de proteínas, açúcares e gorduras;
  • Da mesma forma que participa da síntese dos lipídeos, participa também da conversão destes, dos carboidrados e proteínas em energia;
  • Ajuda no controle da capacidade de resposta de um organismo a situações estressantes.

Conseqüências da Deficiência

  • Insônia ou sonolência;
  • Doenças neurológicas;
  • Cãibras;
  • Baixa produção de anticorpos;
  • Fadiga;
  • Sensação de ardor nos pés;
  • Náuseas, dores e cólicas abdominais.

Causas da Deficiência

Por se tratar de uma vitamina encontrada em grande parte dos alimentos e exigir uma quantidade bem reduzida consumida diariamente, a deficiência de vitamina B5 ocorre raramente, geralmente ligada a casos de extrema desnutrição.

Conseqüências do Excesso

Assim como as outras vitaminas do complexo B, a vitamina B5 é hidrossolúvel, o que facilita sua excreção pelas vias urinárias.

Desta forma, a ocorrência de excesso em nosso organismo é muito rara e mesmo assim ainda não foi diagnosticado um nível de toxicidade pelo consumo excessivo.

Alimentos Ricos em Vitamina B5

A vitamina B5 está presente em praticamente todas as células, logo pode ser encontrada em todos os alimentos de origem animal e vegetal. Algumas das principais fontes de vitamina B5 são:

  • De origem animal:
    • Fígado e rim;
    • Carne de frango ou bovina;
    • Gema de ovo;
    • Leite e derivados;
  • De origem vegeral:
    • Brócolis;
    • Batata doce;
    • Melaço;
    • Abacate;
    • Lentilha.

Leite e seus derivados são importantes fontes de vitamina B5
Leite e derivado são
fontes de vitamina B5

Cuidados e Recomendações

Segundo o Dietary Reference Intakes Table, Food and Nutrition Board (2002), é recomendado um consumo diário:

  • Para lactentes (de 0 a 12 meses) – por volta de 1.8 mg;
  • Para crianças (de 1 a 13 anos) – entre 2 e 3 mg;
  • Para adultos – por volta de 5 mg;
  • Para gestantes e mulheres na fase de lactação (amamentação) – entre 6 e 7 mg.

Referências Bibliográficas

Se você se interessou pelo assunto, pode buscar outras informações no seguinte material (tido como referência para este artigo) bem como nas referências dos mesmos:

WIKIPEDIA, Vitamina B5, disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Vitamina_B5

EMEDIX, Vitamina B5 – Ácido Pantotênico, disponível em http://www.emedix.com.br/vit/vit021_1f_vitaminab5.php

MINHA VIDA, Nutrientes – Vitamina B5, disponível em http://www.minhavida.com.br/Alimentacao/Guia-de-alimentacao/Nutrientes/Vitamina-B5.htm