Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Importância da vitamina A

vitamina A, muito conhecida por sua importância na manutenção da visão do ser humano, trata-se de um nutriente lipossolúvel, isto é, solúvel em lipídeos (gordura). Tal vitamina pode ser adquirida tanto por meio do consumo de alimentos de origem animal quanto vegetal.

Em vegetais, está presente na forma de carotenoides, que são precursores da vitamina A que, uma vez em nosso organismo, é processada em retinol, forma em que podemos encontrar a vitamina A nos alimentos de origem animal. Por ser lipossolúvel, a vitamina A necessita da ingestão de lipídeos para o seu transporte dentro de nosso corpo. De tal forma que indivíduos com baixa ingestão de lipídeos (como pessoas em dieta para emagrecer) podem apresentar deficiência desta vitamina.

Vitamina A

A vitamina A apresenta inúmeros papeis em nosso organismo: além de ajudar a manter a nossa capacidade visual, participa também de nosso sistema imunológico bem como fortalece a pele e os cabelos, além de atuar no desenvolvimento ósseo. Vale salientar também suas propriedades antioxidantes, que ajudam a combater o envelhecimento precoce. Não é difícil perceber, então, que a deficiência da vitamina A em nosso organismo pode levar a sérios problemas.

Geralmente não é necessária a suplementação da vitamina A em nossa dieta alimentar, uma vez que nossas refeições geralmente contemplam quantidades suficientes, entretanto certas fases de nossa vida, como a infância, gestação e amamentação podem querer uma maior quantidade dessa vitamina. Entretanto, a suplementação somente deve ser feita sob recomendação médica, pois o seu excesso também apresenta consequências negativas ao nosso organismo!

Agentes causadores de sua deficiência

As principais razões da deficiência desta vitamina são:

  • Não ingestão ou ingestão reduzida de alimentos ricos nessa vitamina;
  • Desmame precoce ou a não amamentação, no caso de bebês;
  • Baixa ingestão de lipídeos. Por ser lipossolúvel, a baixa ingestão de lipídeos dificulta a sua absorção;
  • Ocorrência de certas doenças infecciosas. Certas doenças infecciosas requerem maior quantidade de vitamina A que, se não atendidas, podem levar à deficiência da mesma.

Sintomas da deficiência da vitamina A

  • Problemas relacionados ao globo ocular, como a xeroftalmia, cegueira noturna e glândulas lacrimais ressecadas;
  • Problemas no desenvolvimento físico ou retardamento do crescimento;
  • Problemas nas membranas do sistema respiratório, geniturinário e gastrointestinal;
  • Problemas capilares e epiteliais;
  • Maior risco de contração de doenças infecciosas;
  • Problemas na formação óssea;
  • Em crianças, pode levar à morte;
  • Outros problemas relacionados à visão, como sensibilidade à luz.

A deficiência de vitamina A é bastante frequente entre crianças brasileiras e não está limitado somente às regiões mais pobres, afetando todas as regiões do Brasil.

Fontes ricas em vitamina A

Tanto alimentos de origem vegetal quanto alimentos de origem animal apresentam boas concentrações de vitamina A:

  • Alimentos de origem vegetal:
    • Mamão
    • Cenoura
    • Espinafre
    • Folhosos verde-escuros
    • Pimentão vermelho
  • Alimentos de origem animal:
    • Fígado
    • Leite e derivados

Apesar de alimentos de origem vegetal apresentarem maiores concentrações dessa vitamina sob a forma de carotenoides, o fígado (de origem animal, claro) apresenta-se como uma fonte muiti rica não somente de vitamina A como também de várias outras vitaminas e minerais importantes para o nosso organismo.

Sintomas do excesso de vitamina A

Diferente das vitaminas hidrossolúveis, seu acúmulo em excesso em nosso organismo pode levar a problemas de saúde e ao comprometimento das funções de certos órgãos. Em quantidades excessivas, a vitamina A pode levar a:

  • Retardamento do crescimento
  • Problemas de pele, como aspereza e ressecamento
  • Problemas epiteliais também nos lábios
  • Problemas no funcionamento e no formato de certos órgãos, como o fígado e o baço
  • Problemas de náuseas, vômitos e tonturas
  • Problemas de apetite ou hemorragias
  • Enfraquecimento dos cabelos
  • Problemas ósseos ou nas articulações

Percebe-se assim que a vitamina A é uma vitamina de grande importância para o nosso organismo, de tal forma que não se deve descuidar, tanto quanto a possíveis deficiências, quanto a possíveis excessos!

If you liked that, check these...

Ômega 6

Vitamina B3

Proteínas