Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Fósforo

Descrição

O fósforo é outro elemento químico muito importante em nosso organismo: nossas células podem armazenar ou mesmo transportar energia na forma de um composto de fósforo (no caso a adenosina trifosfato – ATP). O fósforo possui também importante papel na constituição da membrana celular, uma vez que participa da composição dos fosfolipídios.

Vemos também o fósforo muitas vezes associado à boa alimentação que um estudante deve ter, uma vez que ajuda a evitar a sobrecarga que o corpo pode sofrer devido a muitas atividades mentais.

O fósforo participa também da formação dos ossos e dentes (onde se encontra a maior parte do fósforo em nosso corpo, combinado com o cálcio lá presente), bem como das contrações musculares.

Além do esqueleto, o fósforo também está presente em tecidos moles, músculos, figado e baço.

Recomendações diárias

Mais uma vez tendo a “Dietary Reference Intakes Table, Food and Nutrition Board, National Academy of Sciences” como referência, podemos indicar as seguintes quantidades (em miligramas) para o consumo diário de uma pessoa saudável:

  • Lactentes (bebês até um ano de idade) – de 100 a 275 mg;
  • Crianças:
    • De 1 a 8 anos – 500 mg;
    • De 9 aos 18 anos – 1250mg (devido à fase de crescimento e maturidade);
  • Adultos (homens e mulheres) – 700 mg;

Causas da Deficiência

Inúmeros são os motivos que podem levar o corpo humano a perder ou não absorver fósforo em quantidade suficiente. Alguns deles são:

  • Uma dieta alimentar pobre em fósforo;
  • Jesuns ou longos períodos de desnutrição;
  • Alcoolismo crônico;
  • Diarréias, vômitos ou pancreatite crônica;
  • Por uso de antiácidos gástricos em tratamentos prolongados – como o uso de hidróxido de alumínio ou magnésio em tratamentos gástricos;

Conseqüências da Deficiência

  • Dores ósseas, osteomalácia e pseudofraturas, devido à desmineralização dos ossos;
  • Hipoparatiroidismo;
  • Resistência à insulina;
  • Hipocalciúria (deficiência de cálcio, uma vez que este encontra-se em nosso organismo muitas vezes combinado ao fósforo);
  • Dificuldades de memorização ou em outras atividades predominantemente mentais;
  • Taquicardia;

Conseqüências do Excesso

Por possuir um forte papel na composição óssea, bem como nas diversas atividades mentais ou de manutenção de nosso corpo, o excesso de fósforo também pode ser prejudicial, podendo levar a:

  • Parestesias das extremidades de nosso corpo (alterações do nível de sensibilidade, levando a sentir coisas como frio, calor, formigação, pressão, etc. mesmo sem tais estímulos);
  • Hipertensão;
  • Confusão mental;
  • Formação de cristais de fosfato que podem bloquear artérias, levando à arteriosclerose, derrames, ataque cardíaco e má circulação sangüínea;

A principal forma de excreção do fósforo é por meio das vias renais (em outras palavras, pela urina), portanto, pessoas com problemas renais podem vir a acumular o excesso de fósforo (e de outros elementos, como o cálcio) em seu corpo. Se esta for a situação em que você encontra, não hesite em procurar um médico a fim de ter um melhor acompanhamento para evitar possíveis complicações! Pessoas com esse quadro clínico devem evitar o consumo de alimentos ricos em fósforo, a fim de evitar seu acúmulo.

Alimentos Ricos em Fósforo

Diversos são os alimentos capazes de prover-nos quantidade suficiente de fósforo:

  • Leite e seus derivados, como os diversos tipos de queijo;
  • Carne bovina;
  • Aves (e ovos);
  • Peixes;
  • Cereais;
  • Leguminosas;
  • Frutas;
  • Chás e café;

Abaixo, uma tabela mostrando quanto fósforo alguns alimentos ricos no mesmo podem nos prover:

Alimento (100 g)

mg de Fósforo

Queijo tipo parma 781
Queijo tipo prato 630
Castanha-do-pará 577
Amêndoa 485
Castanha de caju 462
Queijo tipo minas 430
Amendoim 409
Carne de aves defumada 394
Avelã 337
Carne magra de porco 226
Ovo de galinha 222
Ovo de pata 220
Leite condensado 206
Carne magra de galinha 203
Carne de Siri 192
Carne gorda de porco 188
Carne bovina gorda 180
Alho 134
Cogumelo 116
Tamarindo 108
Leite de vaca, in natura 102
Pimenta 101

Referência Bibliográfica

A fim de que possa conhecer um pouco mais sobre o fósforo, recomendamos-lhe os seguintes livros e/ou sites (usados como referência nesta pesquisa):

BASU,  T. K, DICKERSON, Vitamins in Human Health and Disease.

FRANCO, Guilherme, Tabela e Composição Química dos Alimentos, Ed. Atheneu.

MABAN, Kathleen, ESCOTT-STUMP, Sylvia, Alimentos, Nutrição e Dietoterapia, Ed. Roca.

OLIGOPHARMA, Oligoelementos – Fósforo, disponível em: http://www.oligopharma.com.br/oligoelementos/fosforo.htm

If you liked that, check these...

Flúor

Cálcio

O magnésio