Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Importância das fibras nos exercícios físicos

As fibras são um tipo de carboidrato que não é digerido pelo organismo, dessa forma elas passam intactas pelo sistema digestivo. Elas são extremamente benéficas a saúde e a importância das fibras nos exercícios físicos está ligada diretamente as alterações proporcionadas no organismo por este carboidrato que deve fazer parte da alimentação diária do indivíduo.

A prática de exercícios está sendo cada dia mais estimulada entre a população mundial, devido o aumento da obesidade entre outras doenças provocadas pelo sedentarismo. Com o aumento da prática de exercícios físicos cresce também a procura por medidas que potencializem o desempenho e a qualidade dos mesmos.

A importância das fibras nos exercícios físicos encontra-se no fato de que melhorando-se o estado de saúde geral do indivíduo a perfomance do atleta é melhorada, além disso as fibras sempre farão parte de um cardápio considerado saudável.

Benefícios das fibras para o atleta

  • A glicose presente nas fibras é liberada ao organismo de forma constante e aos poucos, desta forma ao ingerir os alimentos fontes de fibras o indivíduo contribui para que a glicose do alimento seja fornecida de forma lenta e constante durante a prática dos exercícios.
  • Auxiliam no bom funcionamento do intestino impedindo a constipação intestinal, que além de causar desconfortos no indivíduo a longo prazo também pode gerar doenças
  • Auxiliam na controle da absorção do açúcar e colesterol, sendo uma boa aliada no combate ao colesterol elevado e diabetes
  • Para os esportistas que desejam emagrecer, as fibras também são uma importante aliada pois promovem a sensação de saciedade prolongada

Não se pode negar que as fibras tem um importante papel no desempenho do atleta. Os carboidratos são essenciais no fornecimento de energia ao organismo, porém para que o desempenho esportivo seja máximo é necessário observar o horário da ingestão de carboidratos. É importante lembrar que os alimentos fontes de fibras devem ser consumidos antes dos exercícios pois os carboidratos complexos evitam a hipoglicemia já que a liberam a glicose de forma lenta no organismo. Já os alimentos ricos em carboidratos que elevam rapidamente a glicose sanguínea devem ser consumidos após ou durante os exercícios, como é o caso das bebidas isotônicas.

Para um adulto saudável a recomendação diária de fibras é de 20 a 35 gramas por dia, este valor é facilmente atingido por atletas que mantém uma alimentação saudável. Ao consumir no mínimo três porções de frutas ao dia, verduras e legumes, alimentos como aveia, pão integral, cereais integrais e leguminosas como o feijão o indivíduo estará contribuindo para que a quantidade ideal de fibras seja atingida de forma saudável.

Como pode-se observar, os benefícios das fibras são também estendidos para os indivíduos considerados sedentários. Mesmo aqueles que não praticam exercícios podem usufruir dos benefícios proporcionados por este carboidrato que deve ser ingerido diariamente. Apesar de neste artigo ser ressaltada a importância das fibras nos exercícios físicos, todos os nutrientes são importantes para o organismo do atleta que deseja manter uma vida saudável.

Ração Humana – um mix de fibras

A ração humana é uma mistura ou composto, feita por diversos ingredientes que são fontes de fibras. O consumo da ração humana oferece suporte a uma dieta que precisa de várias opções de nutrientes e vitaminas. A ração humana vem tomando grande destaque por ser um auxiliar na perda de peso.

A ração humana emagrece?

O seu consumo ajuda no processo de perda de peso sim, pois a mesma tem a função de regular o sistema digestivo, isso ocorre por causa do teor de fibras encontrado na ração humana. E assim faz com que a absorção de lipídios seja em menor quantidade.

Mas não é somente passar a ingerir a ração humana para começar a emagrecer, pois outros fatores são determinantes para a ajuda desse processo. Fatores esses como os exercícios físicos. A sua receita deve ser feita de modo individual e para isso é necessário que consulte um profissional especialista, nesse caso um nutricionista, pois é ele quem irá dizer como você deve prosseguir.

Vejamos os principais benefícios da ração humana:

  • Ajuda ao intestino funcionar melhor, regenerando a flora intestinal
  • A ingestão constante faz com que os níveis de açúcar na corrente sanguínea fique estabilizado
  • É um ótimo auxílio para quem tem constipação intestinal, isto é, prisão de ventre
  • Reduz os níveis de triglicerídeos, colesterol LDL (colesterol “ruim”)
  • Aumenta os níveis do colesterol considerado bom, ou seja, o HDL
  • Aumenta a resistência orgânica
  • Contribui na prevenção de doenças cardiovasculares

A ração pode ser encontrada em pó ou em grãos (forma natural). Os principais ingredientes da ração humana são:

  • castanha, fonte de folato e vitaminas C e B6
  • Gérmen de trigo, que é rico em vitaminas E, F, D, A, B e K. Auxilia no combate a infecções e ajuda a normalizar o ciclo menstrual
  • Sementes de gergelim, que tem em sua composição vitaminas do grupo A, B1, B2 e E. Além desses nutrientes é fonte de fósforo e cálcio. É importante no tratamento de doenças como, gastrite, úlcera, pressão alta e a perda de memória.
  • Amêndoa que é um dos alimentos mais abundante em cálcio, fósforo, potássio e magnésio, além das vitaminas B1, E e B6. São grandes contribuintes no combate contra a depressão, cansaço e estresse
  • A aveia ajuda na redução de gordura, por agir sugando o colesterol que trabalha no organismo
  • Linhaça, que é fonte de substâncias antioxidantes como os ácidos graxos, ainda contém sais minerais e vitaminas. Tem propriedade antiinflamatória e ajuda no combate a doenças como, o câncer, por atuar na prevenção do surgimento de tumores
  • Já o leite de soja, contém vitamina E e vitaminas do grupo B e é fonte de ômega 3

O ideal é consumir a ração humana como acompanhamento de alguma refeição, podendo ser no café da manhã, junto com alguma fruta no lanche ou no suco. É importante ressaltar que não deve ser substituída nenhuma refeição pelo consumo único da ração humana, o recomendável é ingerir uma vez por dia cerca de 2 ou 3 colheres de sopa.