Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Dieta vegetariana pode prejudicar atletas?

Segundo a opinião do ultramaratonista Scott Jurek, de 39 anos, não. O mesmo apresenta uma dieta vegetariana, ou melhor, vegan (isto é, além de não consumir qualquer tipo de carne, ele também não consome derivados de leite e ovos) e mesmo assim consegue um desempenho incrível – o mesmo atingiu a marca dos 266 km percorridos em 24 horas, o que significa uma média de pouco mais de 11 km por hora.

Entretanto, é importante compreender que uma dieta vegetariana pode prejudicar atletas caso não haja suplementação de certos nutrientes, como é o caso da creatina, importante para a reposição do fosfato nos processos de liberação de energia para as atividades físicas. Sem a quantidade suficiente de creatina, não somente o desempenho do atleta pode cair, como também o mesmo pode sentir muito cansaço e dores musculares após seu treinamento.

Nosso organismo produz creatina, cerca de 1 g por dia, mas o nosso organismo precisa de muito mais: cerca de 3 g a 5 g diários. Essa quantidade geralmente provém de carnes e outras fontes de origem animal, então quando há abstenção prolongada desses alimentos, esse importante nutriente para a manutenção da energia pode ficar escasso. Assim, nesses casos é necessária a suplementação.

Já no caso de outros nutrientes como proteínas, gorduras, ferro e vitamina B12, que também provêm principalmente de origem animal, podem ser compensadas por meio de um maior consumo de outros alimentos de origem vegetal que também os apresentam, como frutas, legumes, grãos e óleos vegetais. Enfim, o atleta vegan precisa estar bastante atento à sua dieta, caso contrário pode prejudicar e muito o seu desempenho, mas com os devidos cuidados, é possível manter, sim, uma dieta vegetariana e ainda assim ter um bom desempenho nos exercícios, desde que seguidas certas orientações alimentares.