Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Complemento Nutricional

Os praticantes de atividades físicas e os esportistas  costumam falar muito sobre complemento nutricional, nas academias de ginástica e nas competições em geral, sendo que muitos atletas informam que fazem uso frequente do complemento nutricional antes e após as competições. Mas será que realmente todos sabem o que é um complemento nutricional e como ele atua no corpo do indivíduo?

Definição de complemento nutricional

Segundo definição do Ministério da Saúde Brasileiro, através da portaria nº19 DOU de 16/03/95 , o complemento nutricional pode ser definido como uma produto feito com o objetivo de completar a alimentação diária consumida pelo indivíduo que queira fazer uma compensação, de uma possível falta de nutrientes. O complemento nutricional não pode ser encarado como substituto do alimento e nem deve ser utilizado como dieta exclusiva pelas pessoas. Vale ressaltar, que a nomenclatura complemento nutricional passou a substituir os seguintes termos: Suplemento alimentar e suplemento nutricional.

Os complementos nutricionais só devem ser utilizados quando forem realmente necessários para os atletas em geral, que gastam muitas calorias em virtude de treinamento frequente e pesado, dependendo da modalidade do esporte.

Classificação dos complementos nutricionais

De acordo com o Ministério da Saúde, os complementos nutricionais podem ser classificados como: Associação de minerais e vitaminas; Vitaminas isoladas ou combinadas; Minerais e oligoelementos isolados ou combinados com outros produtos; Substâncias obtidas através de fontes naturais de minerais ou vitaminas; óleo de fígado de cação e bacalhau;extratos poliinsaturados de ácidos graxos, óleo de germe de trigo; Spirulina; Lecitina de soja; Gelatina; Levedo de cerveja; Complemento à base de fibras;

Ou quaisquer outras substâncias com propriedades nutritivas que possam ser caracterizadas como complemento nutricional.

Funções de alguns complementos nutricionais mais utilizados

Os especialistas em nutrição orientam que os complementos não podem ser usados como substitutos dos alimentos, pois esses possuem mais nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo do que os complementos nutricionais. Para os esportistas e praticantes de atividades físicas que gastam muitas calorias em cada treino, e portanto apresentam uma perda calórica muito grande, o consumo de complementos nutricionais é recomendado  desde que seja feito sob a prescrição médica e acompanhamento de um profissional de nutrição.

Alguns complementos mais utilizados são:

– Suplementos Protéicos : Muitas pessoas com o objetivo de perda de peso corporal utilizam complementos nutricionais à base de proteínas, que desse modo não atuam de forma eficiente na sua principal função que é a síntese protéica,  pois estão desviadas de sua função de fornecimento de energia para o corpo humano, resultando numa atuação ineficiente desse complemento nutricional. Caso a pessoa alimente-se de forma adequada vai ingerir a proteína naturalmente através do consumo de frango, ovos, peixes,carnes vermelhas, leites e seus derivados.

-Leucina, Valina e Isoleucina (BCAA): Essas três substâncias são aminoácidos pertencentes à cadeia ramificada, cuja principal importância seria a prevenção da fadiga, muito comum em praticantes de exercícios físicos. Porém de acordo com os especialistas, esses estudos ainda não foram conclusivos e há outras pesquisas contraditórias que revelam não haver benefícios significativos na ingestão dessas substâncias pelos indivíduos.

– Creatina: Muito utilizada por atletas interessados em aumentar sua massa muscular, a creatina  ainda é motivo de controvérsia por parte dos profissionais especializados na área de saúde. Muitos deles concluíram  que esse aumento seria resultado da retenção de líquido e do edema daí formado, que daria a impressão ao indivíduo que seu músculo havia aumentado. No entanto, em atividades com carga de alta intensidade, a cretina costuma ser usada pois participa da produção energética no organismo humano.

Situações em que os complementos nutricionais devem ser utilizados

Segundos especialistas, os complemntos nutricionais devem ser utilizados por atletas e praticantes de exercícios físicos, nas seguintes situações:

-Quando o esportista  gastar muitas calorias durante o treino ou a competição, e tem algum tipo de dificuldade para ingerir os alimentos suficientes para reposição calórica;
– Quando houver a necessidade para o indivíduo de uma recuperação depois de um treino intenso e por alguma razão ele estiver sem vontade de se alimentar;
– Quando houver uma situação de restrição alimentar nas pessoas, ainda que temporária; – Quando o atleta for participar de treinos intensos ou competições muito longas, em que seja necessário o consumo de carboidratos, para que os níveis desse nutriente seja mantido de forma adequada no corpo do indivíduo;                                                                                                                                                                                                                                     -Quando o esportista desejar reduzir a quantidade do bolo fecal para evitar interrupções para evacuar, nas competições em que partipar;
РQuando houver a necessidade de fazer uma compensa̤̣o muito grande de carboidratos, mas o atleta ṇo dispuser de alimentos adequados para fazer essa reposi̤̣o seja pela falta deles ou pela aus̻ncia de higiene adequada para o consumo desse nutriente.

Toda complementação nutricional, feita por indivíduos atletas ou não, deve ser orientada por um profissional da área médica e de nutrição.

Por Salete Dias

TopBack to Top