Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Suplementos para crianças

Os suplementos para crianças são considerados uma forma de combater a deficiência de determinadas vitaminas e minerais como cálcio e ferro principalmente. Eles são indicados nos casos em que a criança não consegue por meio da alimentação atingir os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento adequados. Como os minerais e vitaminas são indispensáveis nessa fase da vida, se não forem fornecidos por alimentos devem ser administrados como suplementação.

Geralmente os suplementos são indicados para crianças que não costumam se alimentar corretamente, no entanto esta prática deve ser orientada por um médico ou nutricionista. O que se tem observado é um crescimento do uso indiscriminado de suplementos para crianças, esta conduta não deve ser encorajada pois a maioria dos suplementos utilizados apresentam efeitos colaterais.

Ferro e Vitamina A

Algumas suplementações são consideradas obrigatórias e o Ministério da Saúde desenvolveu o Programa Nacional de Suplementação de ferro que abrange as crianças de 6 a 18 meses que devem ser suplementadas com sulfato ferroso como medida preventiva contra a anemia, além da fortificação com ferro de farinhas de milho e de trigo. A anemia é considerada um problema grave e comum entre as crianças brasileiras, desta forma o governo criou alguns programas na tentativa de combater o problema.

Outro problema de saúde pública entre as crianças do Brasil além da anemia, é a hipovitaminose A. Para contornar o problema, o Ministério da Saúde distribui cápsulas desta vitamina para crianças de 6 meses a 5 anos dos Estados do Nordeste e de Minas Gerais (Vale do Jequitinhonha e Mucuri). Nestes casos, devem-se ficar atento para que as crianças sejam suplementadas como forma de prevenir doenças que possam ser causadas pela ausência de vitaminas e minerais.

Quando se deve utilizar suplementos para crianças?

Deve ser utilizado com muita cautela e sob supervisão de médico ou nutricionista.

O uso dos suplementos para crianças é muito discutido pois considera-se que a melhor forma de obter todos os nutrientes e vitaminas necessários é através da alimentação saudável, mesmo que algumas crianças não apresente uma alimentação deste tipo, os profissionais alertam que a maioria delas conseguem tudo o que precisa por meio da alimentação habitual, ressaltando a importância de se fazer uso de suplementos apenas quando estes forem recomendados pelo médico.

Outro aspecto a ser observado no uso destas substâncias é que elas podem condicionar a criança a pensar que sempre vão precisar tomar um medicamento para crescer forte e saudável, e isto pode acabar incentivando a criança a se tornar um adulto usuário de energéticos, anabolizantes, suplementos entre outros.

Entre os riscos do uso constante de suplementos para crianças destacam-se os prejuízos que o excesso de vitaminas podem ocasionar ao organismo, cada vitamina e mineral deve ser fornecido ao corpo de forma adequada e equilibrada qualquer excesso cometido sem dúvida irá causar prejuízos ao organismo da criança. Caso você tenha alguma dúvida e acredite que o seu filho necessita receber suplementos alimentares o ideal é que o médico pediatra oriente qual a melhor conduta para o caso, para que a saúde de seu filho, que é o mais importante, não seja prejudicada.