Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Importância da amamentação

O leite materno deve ser o primeiro alimento servido ao bebê ainda na maternidade, esse alimento ainda deve continuar suprindo as necessidades do bebê, de forma exclusiva até os seis primeiros meses de sua vida. A composição do leite materno é totalmente adequada para atender as necessidades nutricionais dos bebês, respeitando todas as suas limitações fisiológicas.

Muitas pessoas não compreendem e acham desnecessário o aleitamento materno exclusivo, no entanto quando as fórmulas infantis ou até mesmo o próprio leite de vaca é utilizado para alimentar os bebês, a fisiologia do organismo do mesmo não é respeitada. O leite materno é o alimento ideal e deve ser fornecido ao bebê em livre demanda, já que esse é o único alimento que ele precisa até os seus seis meses de vida, isso significa que nem água, chás ou sucos devem ser fornecidos ao bebê quando ele se encontra no período de amamentação exclusiva.

Importância da amamentação

Como já foi dito, o leite materno respeita todas as limitações fisiológicas do bebê, além de apresentar nutrientes como cálcio, ferro, proteínas, carboidratos, lipídios entre outros, na quantidade necessária para o recém nascido, bem como totalmente biodisponível para atender as necessidades do bebê.

O leite materno previne uma série de alergias alimentares. Quando a alimentação complementar é introduzida de forma precoce ou quando o recém nascido não mama, ele passa a consumir uma série de alimentos que não são compatíveis com sua capacidade de digestão, dessa forma ele passa a ingerir proteínas intactas dos alimentos e mais tarde o sistema imunológico pode reconhecer essas proteínas causando uma alergia a determinados tipos de alimentos.

As infecções bem como diversos outros tipos de doenças também podem ser prevenidas através do aleitamento materno. Uma criança amamentada ao seio, apresenta um sistema imunológico fortalecido e com isso dificilmente ela adoecerá.

Outro benefício proporcionado pela amamentação é o fortalecimento do vínculo mãe e filho. Quando o bebê nasce, ele continua a depender exclusivamente da mãe, assim como foi durante os meses em que esteve no seu ventre, no entanto a grande diferença é que os dois a partir desse momento, começam a se conhecer melhor. Dessa forma o toque, o carinho, a troca de olhares são atos fundamentais, para mãe e filho, que ocorrem intensamente durante o período em que a criança está sendo amamentada.

Considerações finais

Amamentar nem sempre é fácil, muitas mulheres desistem em meio a dores e dificuldades que encontram pelo caminho. No entanto, amamentar é uma prática essencial de amor que uma mãe pode demonstrar pelo filho, pois mediante a quantidade de benefícios que a criança pode obter através do leite materno, esse ato se torna indispensável.

Vale ressaltar que os benefícios do aleitamento materno também são estendidos para as mães, pois quanto menos a criança adoecer, melhor será para os pais e responsáveis pela criança. Além disso, o governo garante a mulher que trabalha um período de licença maternidade que proporciona disponibilidade para que ela possa amamentar o seu filho.

Felizmente o aleitamento materno exclusivo é a cada dia mais incentivado. É importante que as mulheres estejam cientes da responsabilidade que elas detém sobre esse direito da criança, ao colocar um novo cidadão no mundo.