Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Benefícios da pipoca

A pipoca é um alimento adorado pela maioria das crianças, nos lanches, para assistir um bom filme, em festas de aniversário ela é sempre bem vinda pelos pequenos. No entanto, o que muitas pessoas não conhecem são os benefícios da pipoca, este alimento feito a partir do aquecimento dos grãos de milho é um importante aliado no combate a diversas doenças.

Benefícios da pipoca

  • Presença de antioxidantes – São substâncias que combatem os radicais livres, que são moléculas instáveis presentes no nosso organismo que para buscar a estabilidade podem lesionar ou matar células do organismo do indivíduo, alguns efeitos produzidos pelos radicais livres são o envelhecimento precoce e o surgimento de doenças. Dessa forma, os antioxidantes presentes na pipoca, agem contra os radicais livres e acabam por prevenir o envelhecimento precoce bem como doenças como as do coração, câncer entre outras.
  • Possui um conteúdo elevado de fibras – As pipocas possuem um elevado teor de fibras que auxiliam no bom funcionamento intestinal, dessa forma elas são essenciais no combate a constipação intestinal, problema este que atinge algumas crianças. Para potencializar a ação das fibras presentes na pipoca é necessário o aumento da ingestão de líquidos como água ou sucos, deve-se sempre evitar os refrigerantes.
  • Os nutricionistas alertam que o milho mantém os nutrientes mesmo depois que é estourado em altas temperaturas. O amido resistente, presente na pipoca, é um carboidrato que praticamente não é digerido no aparelho digestivo e dessa forma eleva aos poucos a glicose sanguínea. Por este motivo, a pipoca é considerada uma importante aliada para os portadores de diabetes tipo II.

A forma de preparação da pipoca é decisiva para que todos os seus benefícios possam ser aproveitados. Muitos adicionam ao milho manteiga ou margarina que conferem um sabor considerado agradável a pipoca, já outros preparam a mesma com uma elevada quantidade de óleo, outra forma de preparar a pipoca por algumas pessoas é fazê-la com óleo e depois acrescentar por cima a manteiga derretida. Todas essas formas de preparação citadas anteriormente atrapalham os benefícios da pipoca pois adicionam a mesma uma elevada quantidade de gordura, deixando-a mais saturada e agregando a gordura trans, que é extremamente tóxica para o organismo.

Nutricionistas alertam que a melhor forma de preparar a pipoca é com poucas gotas de óleo que já são consideradas suficientes para fazer o milho estourar, outra forma ainda melhor é utilizar envelopes ou sacos de pão colocar o milho dentro do saquinho, retirar o ar do mesmo e vedá-lo, o que pode ser feito com uma fita crepe. Neste caso, é utilizado o mesmo princípio da pipoca de microondas, depois de vedado o saquinho é levado para o microondas até os milhos estourarem por completo.

No caso das pipocas de microondas o vilão pode ser o sódio contido nelas, dessa forma recomenda-se que se escolha as de sabor natural, pois elas são as que apresentam menos sódio. Os benefícios da pipoca são valiosos como podemos observar neste artigo, no entanto alguns cuidados com a forma de preparação da pipoca são necessários para que todos os benefícios dela possam ser aproveitados ao máximo.