Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Importância do ácido fólico para gestantes

A gestação é um período no qual as mulheres devem ter muito cuidado, não somente com elas, mas também com a criança que está se formando dentro de seu corpo. Segundo especialistas é muito importante a grávida receber no período pré-natal cerca de 400 microgramas de ácido fólico antes e também durante o período gestacional, pois essa medida pode ajudar a prevenir defeitos congênitos no cérebro e na medula espinhal do bebê.

Definição de ácido fólico e as consequências de seu déficit no corpo humano

O ácido fólico, que é também chamado de folato, é na verdade uma das vitaminas do complexo B. As melhores fontes alimentares de ácido fólico são os cereais. O ácido fólico tem um papel de extrema importância na produção de glóbulos vermelhos ou hemácias como também é conhecido, ajuda na formação do tubo neural do bebê, auxiliando no desenvolvimento do cérebro e da medula espinhal nos seres humanos.

Se houver qualquer problema que impeça de alguma forma, as evoluções dessas duas estruturas que são tão importantes para a maturação normal do corpo humano, surgirão como consequências enfermidades congênitas graves que podem vir a impedir o indivíduo acometido de levar uma vida normal, necessitando, quando conseguem sobreviver, de cuidados constantes de outra pessoa, como na anencefalia por exemplo.

Normalmente, os defeitos congênitos ocorrem dentro das primeiras três a quatro semanas de gestação. Por isso, é muito importante ingerir o ácido fólico antes e durante os estágios iniciais da gestação, quando o cérebro do bebê e a medula espinhal ainda estão se desenvolvendo.

Um estudo científico demostrou que as mulheres que estavam grávidas, e que tomaram ácido fólico por pelo menos um ano antes de engravidar reduziu os riscos de um nascimento precoce em cinquenta por cento ou mais.

Geralmente os médicos recomendam que a mulher que deseja ter um filho, comece a tomar ácido fólico todos os dias por pelo menos um mês antes de engravidar, e todo dia enquanto estiver no período de gestação. No entanto, eles também recomendam, por precaução, que todas as mulheres em idade fértil e que queiram ter filhos no futuro, tomem ácido fólico todos os dias, para evitar possíveis problemas de malformação na criança.

Se a mulher optar por escolher a própria vitamina pré-natal, deve levá-la para o seu obstetra para se certificar de que tem as quantidades recomendadas que a gestante precisa, incluindo ácido fólico. Nem todas as vitaminas pré-natais são iguais e algumas delas podem ter menos ou mais de vitaminas e minerais que a mulher necessita.

A dose recomendada para todas as mulheres em idade fértil é de 400 mcg de ácido fólico diariamente. Se elas tomarem um multivitamínico todo dia, devem verificar se ele tem a quantidade recomendada. Se por qualquer motivo a mulher não quiser tomar um multivitamínico, ela pode optar por tomar suplementos de ácido fólico.

Sem ácido fólico suficiente no organismo feminino, o tubo neural do bebê pode não fechar corretamente, e ele pode desenvolver problemas de saúde que são chamados defeitos do tubo neural, entre alguns podemos citar:

  •     Espinha bífida: que é o desenvolvimento incompleto da medula espinhal ou das vértebras;
  •     Anencefalia: que é o desenvolvimento incompleto de grandes partes do cérebro.

Os bebês com anencefalia geralmente não vivem por muito tempo, e aqueles com espinha bífida podem ficar permanentemente com déficits, no entanto se a mulher já teve um bebê com um defeito no tubo neural, em virtude da falta do ácido fólico, ela reduz o risco de ter outra criança com um defeito do tubo neural em até setenta por cento.

Todos estes problemas graves ocorrem durante os primeiros 28 dias de gestação – geralmente antes mesmo de a mulher saber que ela está grávida. É por isso que é tão importante para todas as mulheres em idade fértil que consumam ácido fólico suficiente, e não apenas somente aquelas que estão planejando engravidar.

Os cientistas ainda não estão completamente convencidos porque o ácido fólico tem um efeito tão profundo sobre a prevenção de defeitos do tubo neural, mas eles sabem que esta vitamina é fundamental para o desenvolvimento do DNA. Como resultado, o ácido fólico tem um papel importante no crescimento e desenvolvimento de células, bem como na formação de tecidos do corpo humano.

Por Salete Dias