Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Ganho de Peso na Gestação

Não faz muito tempo que a mulher grávida costumava ouvir de todos a sua volta que precisava se alimentar muito bem, pois estava comendo por dois. Durante algum tempo esse mito prejudicou a saúde do bebê e da gestante, pois atualmente todos os especialistas na área de nutrição e nutrologia são unânimes em afirmar que o ganho de peso na gestação pode e deve ser controlado.

Primeiras Semanas da Gestação

Nas doze semanas iniciais da gestação, os especialistas orientam às mulheres que mantenham sua alimentação como quando ainda não estavam grávidas. A partir da décima terceira semana, é necessário uma ingestão de trezentas calorias a mais da dieta normal que podem ser mantidas até o final da gestação. Algumas pesquisas realizadas sobre esse tema revelam que as gestantes que fizeram uma dieta balanceada durante o período gestacional, geraram bebês que adquiriram o comportamento de consumir alimentos saudáveis.

Mudanças no Corpo da Gestante

O corpo da mulher grávida sofre mudanças a cada semana do período gestacional ocorrendo o mesmo com seu peso, devido a vários fatores como alimentação, estresse , exercícios físicos , entre outros. Durante o período da gestação, a mulher deve controlar o aumento de peso para evitar possíveis complicações futuras, como por exemplo o surgimento de diabetes gestacional que é resultado do aumento excessivo de peso e que pode trazer problemas na hora do parto.

Para evitar que essa situação aconteça alguns cuidados com a alimentação na gestação, como manter um alimentação saudável e praticar algum tipo de exercício apropriado para esse período, podem trazer muitos benefícios para a mulher e o bebê que está gerando.

Orientações Nutricionais para a Gestante

Especialistas em nutrição orientam que as mulheres gestantes devem comer de preferência pequenas quantidades de alimentos de cinco a seis vezes ao dia em intervalos de quatro horas em média, preferindo alimentos à base de fibras ou integrais e ingerir bastante líquido. É aconselhável evitar os alimentos com excesso de gorduras, massas e doces. De acordo com obstetras o ganho de peso ideal para uma mulher grávida deve ser de 6Kg, ou seja somente cinco por cento do peso anterior ao início da gestação.

Causas do Aumento de Peso nas Gestantes

O aumento de peso na gravidez é algo perfeitamente normal e necessário, pois  o organismo materno está mudando e crescendo para dar melhores condições ao feto que ele abriga. Algumas alterações durante o período gestacional que podem contribuir para o aumento de peso corporal  na mulher são: Ao longo da gestação a camada muscular uterina passa a pesar novecentas gramas a mais;

A placenta que faz a nutrição do feto, no final da gravidez está pesando seiscentas gramas; O volume sanguíneo corporal aumenta e o sangue extra chega a pesar 1,2Kg; Os seios das mulheres aumentam e pesam quatrocentas gramas a mais; Há o acúmulo de líquido no corpo da mãe, além do líquido que envolve o bebê  chamado amniótico num total de 2.5Kg;

E para garantir energia extra para a amamentação, o organismo  acumula energia numa média de 2,5Kg. Vale ressaltar que o ganho de peso na gravidez varia mas está ligado ao IMC (Índice de Massa Corporal) que  a mulher tinha antes de engravidar e quanto maior for o IMC  inicial, menor deverá ser o aumento do peso na gestante, a fim de evitar maiores riscos na gravidez.

Gestantes Acima do Peso Corporal

Quando as mulheres antes de ficarem grávidas já estão acima do peso ideal devem tentar engordar o menos possível  durante o período da gravidez, pois o aumento de peso excessivo pode trazer riscos à gestante e ao feto, como o aumento da pressão arterial ou o aparecimento do diabetes gestacional.

No entanto, os especialistas da área de saúde orientam que as gestantes obesas não devem tentar fazer regime para emagrecer, pois várias pesquisas já comprovaram que uma alimentação com poucas calorias nessas mulheres não reduziria o risco de uma hipertensão arterial ou de um ataque de pré-eclâmpsia. A orientação é seguir recomendações de nutricionistas sobre  a maneira adequada de se alimentar, evitando o consumo de doces, sorvetes e bolos, por exemplo, para que não haja mais acúmulo de peso e a criança possa nascer saudável.

Controle de Peso na Gestação
A orientação dada pelos profissionais para que a gestante controle seu peso é bastante razoável, já que a mulher grávida precisa somente de cerca de duas mil  e quinhentas calorias ao dia. E esse parâmetro pode ser conseguido com uma alimentação balanceada constituída de cinco porções de frutas, legumes e verduras, não excluindo nenhum tipo de alimento.

Cerca de dez por cento das calorias diárias ingeridas devem ser provenientes das proteínas como ovos, carne e peixes; Trinta e cinco por cento de derivados de leite, como queijo e manteiga e de gordura como nozes ou amêndoas e cerca de cinquenta e cinco por cento das calorias adquiridas no período da gestação devem ser originada de carboidratos como macarrão, pão, feijão, arroz e cereais entre outros.

Por Salete Dias