Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Alimentos que devem ser evitados durante a gravidez e amamentação

Muitas mulheres no período da gestação têm dúvidas sobre quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez e a amamentação. Nesse artigo analisaremos esse tema tão importante para todas as mulheres e também para os homens que convivem com elas e devem saber os problemas pelos quais elas passam.

Amendoim – durante a gravidez, a amamentação e primeira infância.

O governo reviu seu conselho para os consumidores sobre comer amendoim durante a gravidez, amamentação e os primeiros anos de vida, em relação ao risco de desenvolver alergia ao amendoim na infância.

A mudança no conselho seguiu uma grande revisão das evidências científicas que mostraram que não há evidências claras de que comer ou não amendoim (ou alimentos que contenham amendoim) durante a gravidez, amamentação ou na primeira infância tenha qualquer efeito sobre as chances de uma criança desenvolver uma alergia.

Portanto, o aviso prévio dado pelo governo é que as mulheres evitem amendoim durante a gravidez e amamentação e não introduzam esse alimento na dieta de seu filho antes dos três anos de idade, se a criança tem uma história familiar de alergia.

Este conselho refere-se apenas ao amendoim e não aos outros alimentos que podem, por vezes, provocarem reações alérgicas (tais como ovos, trigo, leite, outros frutos secos, como avelãs, amêndoas e castanha do Brasil).

O governo está atualmente financiando uma série de estudos sobre o amendoim e outras alergias alimentares, com o objetivo de melhorar o entendimento de como e em que circunstâncias essas condições se desenvolvem. Espera-se que estas e outras pesquisas forneçam evidências mais conclusivas no futuro.

Se você gostaria de comer amendoins ou alimentos que contenham amendoim (tais como manteiga de amendoim) durante a gravidez, você pode optar por fazê-lo como parte de uma dieta saudável e equilibrada.

Você pode ter ouvido que algumas mulheres, no passado, optaram por não comer amendoim quando estavam grávidas. Mas este conselho já foi mudado porque a mais recente pesquisa mostrou que não há evidência clara em afirmar que comer ou não amendoim durante a gestação afeta as chances de o bebê desenvolver uma alergia a esse alimento.

Amamentando uma criança com menos de 6 meses de idade

Quando você é alérgica a algum alimento, recomenda-se que sobre hipótese alguma você venha consumi-lo durante a gravidez e amamentação.

Você pode ter ouvido que algumas mulheres, no passado, optaram por não comer amendoim quando estavam amamentando. Isto porque o governo já tinha aconselhado às mulheres que evitassem comer amendoins quando estivessem amamentando ou se houvesse uma história de alergia na família de seu filho (como asma, alergia, eczema, alimentos rinite, ou outros tipos de alergia), no caso de pequenas quantidades de amendoim em seu leite aumentaria a chance de o bebê desenvolver uma alergia ao amendoim.

Mas este conselho já foi mudado porque a mais recente pesquisa mostrou que não há evidência clara de que comer ou não amendoim quando a mulher está amamentando aumenta as chances de o bebê desenvolver uma alergia a esse alimento.

O conselho dado a todas as mães é que elas devem tentar amamentar exclusivamente seu bebê até cerca de seis meses de idade. O aleitamento materno proporciona benefícios para mães e bebês.

Se você tiver uma criança com menos de 6 meses e não estiver amamentando, então não há nenhuma razão pela qual você deva evitar consumir amendoim ou alimentos que contenham amendoim, a não ser que você mesma seja alérgica. Se você tiver dúvidas ou preocupações, você deve discuti-los com o seu médico, ou profissional de saúde.

Alimentos para evitar durante a gravidez

Durante a gravidez, há várias razões para ser mais cuidadoso com o que você come. É importante saber quais os alimentos são seguros para comer e que é preciso evitar.

Alguns alimentos contêm toxinas que podem levar defeitos em seu bebê, outros contêm bactérias de origem alimentar que podem enfraquecer o sistema imunológico e causar danos ao feto. Certifique-se de que a maioria dos alimentos que você come é cozido e ao escolher uma receita seja seletiva sobre o que você come para proteger seu bebê contra bactérias nocivas e danos enquanto ele ainda está em desenvolvimento.

Outro ponto importante a lembrar ao selecionar o que comer é o valor nutricional do alimento que você está alimentando o seu bebê. Recebendo as vitaminas e minerais suficientes na sua dieta diária durante a gravidez, como ácido fólico, ferro, vitamina C e vitamina A, para citar alguns, são cruciais para o bom desenvolvimento de seu bebê.

Por Salete Dias