Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Sibutramina

Sibutramina

A sibutramina ou cloridrato de sibutramina é um fármaco usado no tratamento de pessoas com problema de obesidade. A sibutramina trata-se de uma amina terciária cujo processo químico de desmetilação é muito rápido dentro do organismo dos seres humanos e dos animais. Para o emagrecimento das pessoas a sibutramina é administrada por via oral em comprimidos ou cápsulas, prescritos exclusivamente por profissionais da área médica.

Ação da Sibutramina no Corpo Humano

De acordo com profissionais especializados o cloridrato de sibutramina atua diretamente no cérebro humano mais precisamente na região do hipotálamo, que é o centro responsável por controlar a ansiedade e a sensação de fome em todos os indivíduos. Em virtude dessa atuação a sibutramina é classificada dentro da farmacologia como um moderador ou inibidor de apetite.

Os especialistas recomendam o uso da sibutramina quando o paciente apresentar um quadro clinico de alta ansiedade associado a uma vontade de comer exagerada, desde que já tenha sido tentado outros modos de emagrecimento como por exemplo a reeducação alimentar e a prática de atividades físicas.

Principais Efeitos Colaterais do Cloridrato de Sibutramina

Os especialistas na área recomendam que as pessoas com problema de obesidade antes de optarem junto com seus médicos sobre qual o  moderador ou inibidor de apetite mais adequado para elas devem levar em consideração todos os possíveis efeitos colaterais que esses medicamentos podem provocar em seu organismo.

No caso da Sibutramina por exemplo os principais efeitos descritos pela literatura médica são: Constipação intestinal, sensação de boca seca ou de um gosto estranho, insônia ou em outros casos sonolência excessiva, tontura ou vertigem, sensação de náusea ou  mal estar, irritação no estômago, aumento da pressão arterial sanguínea, dores nas articulações ou na cabeça, entre outros.

Vale ressaltar que esses efeitos variam de acordo  com o estado clínico e a absorção do fármaco pelo seu organismo e nem todos os pacientes terão todos esses sintomas descritos.

Contraindicações da Sibutramina

As principais contraindicações para o consumo da sibutramina em  pessoas obesas com o objetivo de perda de peso, descritas pelos especialistas na área são as seguintes: Quando o paciente apresentar quadros clínicos de depressão, anorexia nervosa ou bulimia;
-Em casos onde as pessoas já  estão fazendo o tratamento da obesidade com outras medicações inibidoras de apetite ou com remédios antidepressivos ;
– Quando o paciente apresentar algum tipo de doença cardíaca;
-Nas situações onde o indivíduo apresenta um quadro clínico de aumento da pressão arterial ou complicações pulmonares;
-A sibutramina também é contraindicada em pessoas portadoras de hipertiroidismo;
-Em mulheres gestantes ou que estejam amamentando a sibutramina não deve ser prescrita. 

Orientações e Prescrição da Sibutramina

A sibutramina como é conhecido é a substância chamada cloridrato de sibutramina monidratado e normalmente é  comercializada  nas dosagens de 10mg ou 15 mg dependendo de cada caso clínico. Os especialistas recomendam que o uso das sibutramina não deve ser manipulado pois quando isso ocorre pode haver o risco dela vir combinada com as anfetaminas por exemplo que podem prejudicar a saúde do paciente.

Portanto, quando a pessoa for fazer uso da sibutramina deve escolher sua forma industrializada. Os pacientes em tratamento para obesidade com a sibutramina não podem fazer uso de bebidas alcoólicas, uma vez que a sibutramina tem ação  no sistema nervoso dos indivíduos e seu uso em conjunto com bebidas traria riscos a  saúde, além de impedir o efeito da sibutramina no seu organismo. Quanto a questão da sexualidade muito debatida quando a pessoa está sob o uso da sibutramina, os especialistas orientam que pode haver tanto a redução da vontade de fazer sexo quando o aumento da libido e do apetite sexual.

Outra informação importante que as pessoas devem ter quando estão usando a sibutramina é que ao terminar de tomar o medicamento elas poderão engordar todos os quilos perdidos se não mudarem seus hábitos alimentares e comportamento sedentário. Por isso, mesmo com o uso da sibutramina os pacientes devem fazer uma reeducação alimentar e praticar atividades físicas.

Vale ressaltar que devido aos efeitos colaterais que a sibutramina pode provocar  no organismo humano, essa substância foi proibida  em países europeus sob a alegação de que ela poderia aumentar o risco do paciente sofrer um infarto ou derrame cerebral.

Nos Estados Unidos a comercialização da substância é restrita somente para pessoas que estejam bem obesas. No Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já foi alertada para proibir a comercialização da sibutramina, porém até o presente momento a substância ainda continua sendo vendida.

Por Salete Dias