Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Quantidade de gordura nos alimentos industrializados

Todas as pessoas sabem que os alimentos com muita quantidade de gordura saturada ou  gordura trans não são benéficos à saúde dos seres humanos. Além dessas substâncias, outras como  sódio e açúcares se usados em grandes quantidades nos alimentos também podem ser maléficos ao organismo dos indivíduos, fazendo com que os indivíduos acabem contraindo algum tipo de enfermidade .

No entanto, muitos produtos industrializados contém grande quantidade de gordura e outros componentes, que são incompatíveis com a quantidade permitida pelas autoridades governamentais de saúde. Por isso é muito importante, sempre que as pessoas forem comprar seus alimentos,verificar a quantidade destas substâncias nos produtos consumidos, para que no futuro não venham  a contrair nenhum tipo de enfermidade em virtude de excessos de nutrientes nos produtos que podem ser nocivos ao corpo humano.

Estudo científico realizado

Uma pesquisa foi realizada pelas instituições especializadas em saúde de diversos países para verificar a quantidade de determinados elementos que os alimentos industrializados possuíam em sua composição. Segundo os estudiosos, os resultados não foram muito animadores, pois foi verificado que havia uma quantidade grande de gorduras trans, além de sódio nos produtos industrializados. Um dado de importante relevância observado pelos pesquisadores foi  a grande quantidade das gorduras saturadas encontradas com um teor bem acima do aceitável dentro dos parâmetros da normalidade para o consumo dos seres humanos.

Um exemplo clássico foi o de batatas fritas, tão consumidas por crianças e adolescentes, onde foi observado que a grande maioria das marcas que foram estudadas estavam com níveis de gorduras saturadas bem acima da média estabelecida pelas autoridades de saúde. Outro produto industrializado que estava com teores de gorduras bem acima da média considerada aceitável para consumo foram os salgadinhos de milho, numa proporção dez vezes maior que o considerado dentro do normal, segundo os estudiosos.

Quanto ao biscoito de polvilho, outro alimento industrializado muito consumido por crianças e jovens, ele foi o que apresentou um índice de gorduras trans e saturadas maior que todos os outros. Diante dessas constatações, os estudiosos  alertaram que é de extrema importância que os consumidores procurem verificar sempre a quantidade de gordura que um produto industrializado possa conter, para que não haja riscos de doença para o seu organismo.

Atuação das gorduras trans no organismo humano

As gorduras trans que estão associadas aos risos que pode trazer a saúde dos seres humanos, são originadas a partir de um processo denominado hidrogenação que pode ser natural ou artificial. Este tipo  de gordura é encontrado em quantidade pequena nos produtos de origem animal, em especial, laticínios e nas gorduras de carnes vermelhas. Porém, no caso dos alimentos industrializados como por exemplo, nos bolos confeitados, biscoitos recheados e nos pacotes de biscoitos salgados, existe um teor bem mais alto desta gordura trans. O processo de hidrogenação artificial é utilizada para melhorar a consistência e aumentar o tempo de validade dos alimentos.

Dentre os produtos industrializados que contém mais gorduras trans em sua composição, destacam-se: margarina, frituras, molhos entre outros bastante consumidos pela população em geral. Segundo especialistas quando há ingestão em grande quantidade  de alimentos ricos em gorduras trans pode ocorrer graves prejuízos à saúde dos indivíduos como por exemplo: elevação da taxa do colesterol total e aumento do chamado colesterol ruim; além da diminuição das taxas do chamado HDL que é o colesterol bom. Todo este processo pode ocasionar o risco do surgimento do ateroma que é uma placa gordurosa que se aloja nas artérias e veias do corpo humano, podendo causar no indivíduo um derrame cerebral ou infarto.

Além disso o consumo excessivo deste tipo de gordura está associado também ao aparecimento da obesidade nos seres humanos, que como todos sabem causa grandes problemas como aumento dos níveis de colesterol, além de problemas cardíacos  e vasculares . Para garantir uma maior qualidade de vida à população, as autoridades na área de saúde determinaram que a quantidade de gorduras trans  venha discriminada nos rótulos dos produtos industrializados, para que as pessoas tenham ciência da quantidade de gordura trans que podem consumir com  a ingestão de determinado produto. No entanto, muitas providências ainda devem ser tomadas para advertir à população e informá-la que uma alimentação saudável e livre de gordura trans é o principal caminho para uma vida saudável.

Por Salete Dias