Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Problemas do sistema digestório

A maioria das pessoas conhecem um pouco sobre os distúrbios ou problemas do sistema digestório, ou até mesmo deve ter passado por um problema especifico como, as infecções intestinais, por exemplo. Este artigo irá explicar um pouco mais sobre quais os sintomas desses problemas e a causa dos mesmos.

Muitos desses sintomas são constantes devido a má alimentação e a correria do dia-a-dia de algumas pessoas. Assim podem provocar as famosas ânsias de vômito, mal estar abdominal e enjoos. Vejamos agora os problemas do sistema digestório mais frequentes:

Diarreia

Nosso primeiro distúrbio do sistema digestivo é a diarreia, onde seu principal sintoma é quando um individuo defeca diversas vezes em pouco intervalo de tempo. Ela pode gerar uma desidratação, que provoca a escassez de fluidos para o organismo funcionar corretamente.

Outros sintomas desse problema do sistema digestivo são as cólicas abdominais, tontura e sensação de estar sempre com o estômago cheio, e em casos graves pode ter febre. A maioria das causas da diarreia está na ingestão de alimentos estragados ou infecções virais e bacterianas.

Infecção intestinal

É causada pelo consumo de bebidas ou alimentos infectados por vírus e/ou bactérias, que penetram no sistema digestório e desenvolvem-se, fazendo a proliferação das mesmas e é assim que surge as infecções intestinais.

Acarretando em inflamações no estômago, motivando o surgimento dos sintomas mais comuns como dor abdominal, náuseas e febre. Algumas dessas bactérias são frequentemente encontradas em alimentos como o frango e alguns de seus derivados.

O tratamento para esse problema é feito com auxilio de medicamentos antibióticos, soros e água em abundância.

Vômito

É a eliminação forçada de todo o alimento digerido ou não, e que ainda está no estômago, excretado pela boca. Pode não ser de alimentos somente, podendo assim ser secreções desenvolvidas pelo próprio organismo. Secreções essas como, suco gástrico, por exemplo. O material excretado depende muito do intervalo entra a última ingestão de alimentos até o momento do vômito.

Quando bebe-se ou come-se muitos alimentos estragados ou de má qualidade, o encéfalo envia um alerta ao sistema digestivo que esse alimento não está trazendo bem estar ao mesmo, para que possa ser executado o processo de expulsão, provocando o vômito. E o gosto ruim que fica depois de ter vomitado é devido ao suco gástrico que está junto ao alimento expelido.

Prisão de ventre ou intestino preso

Prisão de ventre ou intestino preso, conhecido também como constipação intestinal é caracterizada pelo fato de um individuo não evacuar os dejetos humanos menos de 3 vezes por semana.

Onde as fezes costumam ficar ressecadas e duras, por causa disso é difícil de eliminar. Causando dores, inchaços e machucados no reto. Uma dieta inadequada é uma das principais causas desse problema digestivo, causada pela falta de alimentos que contenham fibras, e a pouca ingestão de água.

As fibras alimentares são substâncias presentes nos alimentos que não são digeridas pelo organismo, sendo então eliminadas e levando junto com elas outros resíduos que poderiam prejudicar o nosso organismo como as gorduras e açúcares. Podemos encontrar as fibras somente em alimentos de origem vegetal (verduras, hortaliças e grãos), as fibras se classificam em solúveis e insolúveis.

Benefícios das fibras alimentares

  • Melhora o trânsito intestinal, combatendo a constipação pois favorece os movimentos peristálticos
  • Auxilia na redução dos níveis de colesterol e açúcar no sangue
  • Ajuda no controle de peso, ela é uma excelente aliada na promoção da saciedade reduzindo a sensação de fome
  • Combate a diversas doenças cardiovasculares através dos benefícios que proporcionam no organismo

As fibras solúveis são encontradas em frutas, farelos, leguminosas e hortaliças. Esses tipos de fibras conferem uma sensação de saciedade e reduzem os níveis de açúcar e gordura da corrente sanguínea. Já as fibras insolúveis tendem a contribuir para que o intestino funcione melhor, elas são encontradas em grãos integrais, farelo de cereais, em algumas frutas e hortaliças.

Muitos especialistas utilizam as fibras no tratamento da obesidade visto que elas não são digeridas pelo organismo, logo auxiliam na eliminação de toxinas e contribuem para a saciedade, reduzindo dessa forma a sensação de fome. Além disso, elas são boas aliadas na prevenção das doenças e distúrbios relacionados a obesidade.

Alguns indivíduos apresentam uma resposta muito rápida do organismo frente a ingestão de fibras e necessitam, poucas horas após a ingestão das mesmas, utilizar o banheiro. Nestes casos, o consumo destes alimentos deverá ser realizado somente quando houver possibilidade para isto. Vale ressaltar que uma dieta rica em fibras alimentares é fundamental para a manutenção da saúde.

Apendicite

É um problema do sistema digestório onde ocorre uma inflamação que é causada pela retenção dos detritos das refeições no apêndice. O seu tratamento é feito por cirurgia, fazendo a retirada do apêndice, para evitar que a inflação se alastre e atinja outros órgãos, evitando causar maiores problemas.