Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Os riscos do excesso de proteína

As proteínas são de extrema importância para a vida, assim como os carboidratos e os lipídios. No entanto, elas devem ser ingeridas em quantidades inferiores aos outros macronutrientes (carboidratos e lipídios). As proteínas são importantes para produção de anticorpos, colesterol, participa da estrutura de enzimas entre outros. Os riscos do excesso de proteína são diversos e serão discutidos neste artigo.

Os riscos do excesso de proteína

  • Surgimento de problemas renais e hepáticos – O excesso de nitrogênio eliminado pelos rins de forma crônica pode sobrecarregar e mais tarde causar problemas neste órgão, assim como grandes quantidades de proteínas metabolizadas no fígado podem comprometer o funcionamento do mesmo
  • Aumento do peso corporal – Muitas pessoas preocupam-se apenas com o excesso de lipídios para evitar o ganho de peso, no entanto vale ressaltar que o excesso de proteínas eleva o peso corporal
  • Aumento do risco de surgimento do câncer – Foi estabelecido em 1982 pelo National Research Council (Conselho Nacional de Investigação norte-americano) uma correlação entre um elevado consumo de proteína e o surgimento de câncer
  • Osteoporose e pedra no rim – Devido o aumento da excreção do cálcio pelo elevado consumo de proteína, pode ocorrer a formação de pedra nos rins e osteoporose associada a excreção do cálcio

Vale destacar que o consumo de alimentos fonte de proteína é muito importante para o desenvolvimento humano; no entanto, não só as proteínas mas qualquer macro ou micronutriente ingerido em excesso pode ocasionar problemas a saúde. Os riscos do excesso de proteína pode ocasionar diversos problemas a saúde, logo é importante ingerir uma quantidade moderada de proteínas evitando assim o excesso ou deficiência da mesma.