Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

O papel do ferro na alimentação infantil

O papel dos minerais no funcionamento do organismo já foi destacado em vários outros artigos. Sabe-se que os minerais assim como as vitaminas são de extrema importância para que diversas funções vitais do organismo sejam desempenhadas. O ferro é um dos minerais mais conhecidos e que tem frequentemente sua importância ressaltada, esse mineral essencial deve ser obtido através da alimentação em quantidades que irão variar de acordo com a fase da vida em que o indivíduo se encontra. O papel do ferro na alimentação infantil vai desde sua atuação no desenvolvimento neurológico bem como no crescimento físico e na prevenção de doenças na criança.

Amamentação e anemia

O período de amamentação exclusiva que compreende os seis primeiros meses de vida da criança deve ser respeitado, pois a amamentação é essencial para prevenir a anemia na criança provocada pela ausência de ferro. Este  é apenas um dos benefícios da amamentação, que promove também um bebê resistente a alergias e diversos tipos de infecções. No entanto, após o período de amamentação exclusiva, ou seja, após os seis meses de vida da criança, faz-se necessário oferecer a mesma alimentos que contenham ferro, e em muitos casos o pediatra recomenda a suplementação desse mineral. Para as crianças que não foram amamentadas, o risco de contrair uma anemia é ainda maior, por isso o acompanhamento médico é essencial para a introdução de suplementos de ferro no momento certo.

O papel do ferro na alimentação infantil

Muitas pessoas sabem que um dos papéis do ferro na alimentação infantil é prevenir a anemia por deficiência de ferro, no entanto muitos não compreendem os riscos reais que a anemia apresenta. As alterações apresentadas por uma criança com anemia irá depender da gravidade da mesma, quanto mais grave o grau da anemia, mais severas serão as consequências apresentadas pelo organismo da criança. Em geral os sintomas da anemia, são: pele pálida, cansaço, falta de concentração e sonolência; a longo prazo a anemia provocará alterações no desenvolvimento físico e mental da criança.

Outro papel do ferro que podemos destacar é que ele participa da formação das células vermelhas do sangue além de participar do processo de oxigenação das células do corpo. Quando os níveis de ferro encontram-se baixos todo o processo pelo qual o ferro é responsável fica comprometido.

Absorção do ferro

O processo que envolve a absorção do ferro deve ser entendido para que os pais possam ter uma melhor noção dos alimentos que mais fornecem ferro aos seus filhos. Existem dois tipos de ferro que de acordo com sua absorção, classifica-se em ferro heme e ferro não heme. O ferro heme são aqueles que são melhores absorvidos pelo organismo, além disso sua absorção não é comprometida por fatores inibidores presentes na alimentação. Esse ferro pode ser encontrado em produtos de origem animal como as carnes.

Já o ferro não heme apresenta uma absorção bem menor quando comparado ao ferro heme, e além disso a absorção desse tipo de ferro pode ser influenciada pela ingestão de outros alimentos que são considerados fatores inibidores ou facilitadores dessa absorção. Esse tipo de ferro pode ser encontrado em alimentos de origem vegetal como leguminosas (feijão, soja, ervilha), folhas verdes escuras, algumas frutas e verduras.

Os fatores considerados inibidores da absorção do ferro não heme são alimentos fontes de cálcio como leite e seus derivados, além das fibras e compostos fenólicos. Dessa forma, deve-se evitar consumir esses alimentos junto com alimentos fontes de ferro não heme. Sabe-se que muitas crianças consomem uma grande quantidade de alimentos como leite e derivados, portanto é importante evitar que eles sejam consumidos juntamente com alimentos que são fontes de ferro. Já os alimentos ricos em vitamina C são conhecidos por facilitar a absorção de ferro, portanto uma laranja ou tangerina são ótimas opções de sobremesa para depois do almoço.

Dicas para evitar anemia por falta de ferro em crianças

Evitar sobremesas com produtos lácteos: salada de frutas com iogurtes, pudim de leite, sorvetes, milk shake entre outros.

Incentivar o consumo do almoço e jantar saudáveis- Muitas crianças ainda estão acostumadas a trocar uma dessas refeições por mamadeiras, essa prática contribui muito para a anemia infantil, pois a criança deixa de consumir alimentos que são considerados essenciais para evitar a doença.

Introduzir carnes na alimentação infantil após o período de amamentação

Incentivar o consumo de fígado e folhas verdes escuras

Dá preferência a sobremesas e sucos que sejam fontes de vitamina C – Suco de acerola, goiaba e laranja são ótimas opções para ajudar na absorção de ferro, bem como oferecer uma tangerina, laranja, morango ou kiwi após o almoço também contribui para a absorção desse mineral.