Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Medicamentos e nutrição

Medicamentos são produtos farmacêuticos que podem ser injetados, ingeridos ou utilizados sobre a superfície corporal com a finalidade de prevenir, tratar ou curar doenças e até mesmo de amenizar seus sintomas.

Medicamentos e uso racional

Quantas vezes já ouvimos falar que esse ou aquele remédio não apresenta mais o efeito esperado para determinada doença? O uso indiscriminado de medicamentos além da auto medicação são fatores que contribuem para isso. Os medicamentos devem ser prescritos por um médico e acompanhados por ele, respeitando as interações medicamentosas, a posologia (quantidade de vezes ao dia que se toma o medicamento) e a dose (quantidade de medicamento a ser ingerido).

Empresas na área de farmácia, investem milhões em pesquisas na busca de medicamentos eficazes, a farmacoeconomia surge na tentativa de entender as relações entre os benefícios e custos das ações de saúde. A dieta também pode interferir na ação medicamentosa, o hábito de ingerir leite com comprimidos nem sempre é correto, pois pode ocorrer perda do efeito terapêutico pela inativação química, segundo a ANVISA.

Efeitos dos medicamentos no estado nutricional

Os medicamentos principalmente de uso crônico pode afetar intensamente o estado nutricional do indivíduo. Quando o indivíduo precisa fazer uso de medicamentos durante muito tempo, é preciso monitorar quais serão as alterações sofridas no organismo pelo uso do fármaco, algumas alterações que afetam o estado nutricional, são:

Alteração do paladar – Os medicamentos pedem alterar o paladar do paciente, e consequentemente alterar a ingestão dos alimentos, pois com o paladar modificado muita das vezes o indivíduo não se alimentar corretamente e a longo prazo pode prejudicar o seu estado nutricional. O paladar amargo pode ser causado pelo uso de antibióticos enquanto que alguns medicamentos contra verminoses podem causar gosto metálico na boca.

Alteração gastrointestinal – Alguns medicamentos podem causar vômito, diarreia, constipação intestinal, desconforto abdominal entre outras alterações. As alterações gastrointestinais promovidas pelos medicamentos podem influenciar no estado nutricional, no entanto o paciente deve comunicar ao médico as alterações sofridas com o medicamento, para que o profissional possa substituir o fármaco por outro, sempre que possível.

Alteração na ingestão dos alimentos – Os medicamentos podem provocar tanto aumento do apetite como também redução do mesmo. Isso irá variar de acordo com as substâncias que estão presentes no medicamento, os que causam redução do apetite podem levar o indivíduo a uma situação de anorexia pela excessiva perda de peso, já outros, como alguns anticoncepcionais, podem causar aumento de peso corporal excessivo.

Medicamentos e Nutrição

Estudos recentes buscam compreender as interações entre medicamentos e alimentação, visto que algumas drogas podem afetar o equilíbrio de alguns nutrientes no organismo. Os medicamentos e os alimentos seguem a mesma via de absorção, já que a maioria são ingeridos via oral, dessa forma pode haver algum prejuízo ao organismo em termos nutricionais mediante a absorção de medicamentos. As interações entre medicamentos e alimentos é mais perceptível em pessoas idosas já que a maioria delas utilizam uma grande quantidade de medicamentos além de possuírem um trato gastrointestinal mais sensível.

Não há dúvida de que os medicamentos são importantes para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas, no entanto eles só devem ser utilizados com prescrição médica e qualquer alteração apresentada pelo uso deles, deve ser imediatamente comunicada ao profissional de saúde responsável pela prescrição.