Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Importância da Educação Nutricional

A educação nutricional ganha cada dia mais importância na nossa sociedade mediante a comprovação da necessidade de informar a população acerca da qualidade da sua alimentação. Diversos profissionais e pessoas envolvidas na comunidade podem realizar ações voltadas para a educação nutricional em diferentes tipos de população: idosos, gestantes, crianças, obesos, entre outros.

A educação nutricional não consiste apenas em manter as pessoas informadas sobre uma alimentação saudável, mas parte do princípio de que deve haver mudança de comportamento por parte da comunidade para que a mudança seja efetiva. Além de promover a mudança de comportamento, esse tipo de ação também capacita outras pessoas a serem promotores de saúde  em sua comunidade, portanto indivíduos como professores, agentes de saúde, merendeiras, entre outros que lidam diretamente com a comunidade, podem propagar as informações recebidas e contribuir para melhorar o estilo de vida da sua comunidade.

Alguns grupos envolvidos em ações de Educação Nutricional:

Crianças

Muitas pessoas ressaltam a importância da realização de ações de educação nutricional para crianças, já que é nessa fase que ocorre a formação dos hábitos alimentares. Além disso, existe fortemente em nossa sociedade o incentivo a uma alimentação não saudável, isto pode ser notado mediante a quantidade de propagandas de TV e de outros estímulos recebidos diariamente pelas nossas crianças que afetam a qualidade da alimentação.

Quanto as ações de educação nutricional nas escolas, alguns estudiosos afirmam que estas são mais efetivas, já que são realizadas em grupo e nessa fase as crianças tendem a copiar as atitudes uns dos outros. Buscar atividades lúdicas, criativas e que consigam realmente impactar e causar mudanças nas atitudes das crianças, é algo desafiador para os profissionais que trabalham com esse ramo da Nutrição, entretanto os resultados podem ser surpreendentes.

Idosos

Realizar educação nutricional com idosos talvez seja uma das tarefas mais difíceis, pois ao contrário das crianças que estão formandos os seus hábitos, essa população apresenta hábitos que foram cultivados durante toda vida. Por outro lado, por já apresentaram uma certa idade e estarem conscientes que precisam mudar algumas atitudes na sua vida, alguns idosos recebem de forma positiva os ensinamentos e buscam incorporá-los em sua vida. Entretanto, sem dúvida esse é um grupo que necessitará de uma certa cautela e ao mesmo tempo habilidade, para que haja uma mudança efetiva no comportamento dos mesmos, com relação aos alimentos.

Gestantes

Quando se trabalha com um grupo de gestantes para realização de educação nutricional, geralmente a resposta é positiva mediante uma conscientização por parte de algumas mulheres com relação as mudanças que serão necessárias nessa fase da vida. Deve-se ressaltar também nesses tipos de ações, a necessidade da interrupção de hábitos como fumar e ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação. Outro ponto desafiador quando se trabalha com gestantes, é fazer com que as atitudes e comportamentos saudáveis adquiridos nesse período, mantenham-se após a gestação.

Grupos que apresentam alguma patologia

Realizar atividades de educação nutricional com indivíduos que apresentam alguma patologia é muito importante para a redução da gravidade da doença. Pessoas obesas, hipertensas e diabéticas merecem uma atenção especial quanto as mudanças estabelecidas na alimentação, para que o atual quadro de patologia possa ser mais facilmente revertido. As patologias que estão diretamente ligadas ao estado nutricional do indivíduo como as carências nutricionais e a obesidade, podem ser revertidas através da mudança nos hábitos alimentares que pode ser conseguida por meio da efetividade de uma ação de educação nutricional.

Considerações finais

As atividades de educação nutricional podem ser destinadas para diferentes grupos populacionais e visam a adoção de mudanças concretas com relação a alimentação e ao estilo de vida. Para que essas ações consigam atingir seus objetivos é preciso reconhecer as necessidades e anseios da população que irá receber a intervenção bem como procurar meios para que as mudanças propostas sejam realmente concretas.

Os recursos utilizados nas atividades de educação nutricional são diversos e variam de acordo com as características apresentadas pela população selecionada para receber as ações. Apesar de ser algo complexo e desafiador, a educação nutricional é considerada uma ferramenta fundamental no atual perfil da nossa sociedade que enfrenta a pandemia da obesidade.