Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Erros cometidos quanto à nutrição

É comum vermos todos pensando que “já sabem tudo” sobre nutrição, não é mesmo? Mas será que isso é realmente verdade? Se você pensa que já toma todos os cuidados necessários quanto à sua nutrição, o que acha de avaliarmos isso? Conferimos e listamos aqui, alguns dos erros mais comuns que as pessoas cometem quando o assunto é nutrição. É melhor dar uma boa olhada, pois talvez você esteja cometendo um deles e nem mesmo saiba disso!

Não verificar os rótulos dos alimentos

Este é, sem dúvida, um dos maiores erros cometidos. É incrível que quase todo mundo lembra de verificar a data de validade do produto – afinal de contas, ninguém quer consumir produto vencido, não é mesmo? – mas se esquecem de dar uma boa olhada no rótulo quanto às informações nutricionais de cada alimento.

Suponha que você foi diagnosticado como apresentando hipertensão arterial. Nesse caso, como você já deve saber, o consumo de sal deverá ser bastante restrito, uma vez que o mesmo contribui com a elevação da pressão sanguínea dentro dos vasos. Mas como escolher os alimentos certos se não verificar no rótulo qual a concentração de sódio e outros sais? Simplesmente tentar adivinhar quais alimentos podem ser consumidos?

As pessoas acreditam, muitas vezes, que basta “cortar” o sal no preparo dos alimentos, mas é muito importante estar atento ao rótulo, pois você pode estar consumindo uma alta quantidade de sal sem saber. E o pior é que muitas vezes o efeito não é instantâneo e toma muito tempo até que os sintomas apareçam, de tal forma que pode ser difícil determinar qual alimento causou a elevação da pressão. E olha que estamos vendo somente um dos inúmeros problemas provenientes da não verificação do rótulo dos alimentos! Tal hábito ruim, pode ser bastante prejudicial também para diabéticos, obesos, pessoas com índice de colesterol alto ou qualquer pessoa que deseje perder peso.

Na verdade, a verificação dos rótulos mostra-se bastante útil para todas as pessoas, independentes de já apresentarem um quadro clínico mais delicado ou não.

Comprar alimentos não-saudáveis pensando que são saudáveis

E aqui está outro erro muito cometido, geralmente por não lerem os rótulos dos alimentos ou por interpretá-los de forma equivocada. Por exemplo, propagandas de alimentos muitas vezes alardeiam que seus produtos não apresentam gordura trans e quando conferimos o rótulo descobrimos que estão cheios de gordura saturada ou o contrário.

Além disso, muitos se confundem quanto ao conceito de alimentos diet e alimentos light. Conclusão? Acreditam que estão consumindo um alimento que irá ajudá-los a emagrecer e, quando voltam a subir na balança, descobrem que em vez de perder ganharam mais algum peso!

Comer mais do que deveria

Ahh, este é outro erro bastante cometido e nem se precisa dizer muito por que isso é um erro, não é? Quando consumimos mais do que deveríamos comer, acabamos por aumentar nossas reservas energéticas, geralmente na forma de glicose e lipídeos. Durante nossas atividades, nosso corpo primeiro “queima” a glicose e, caso esta falte, a gordura (lipídeos), e o que acontece se absorvemos mais e mais glicose e/ou gordura sem queimá-las totalmente? A gordura vai acumulando-se em nossos tecidos adiposos, formando aquela barriguinha, que depois vira barrigona e o resto do filme talvez você já conheça.

A fim de evitar que isso aconteça, você não deveria “comer até se sentir completamente cheio” e sim comer a quantidade que é recomendada para você, de acordo com o seu sexo, idade, estatura e peso. Lembre-se disso!

Acreditar em tudo que lê na internet sobre nutrição

Pode até parecer um paradoxo, mas é verdade, é preciso tomar cuidado com muitas coisas que lemos na Internet. Às vezes, podemos estar diante de um website que aparentemente é transparente e só quer o nosso bem, quando na verdade o seu proprietário está somente tentando vender-nos produtos. Se o produto que ele está vendendo for realmente bom e saudável, excelente! Mas e o que acontecerá caso o produto que ele está a vender não seja tão saudável assim e nós acabemos por comprá-lo?

Tome bastante cuidado quando ler artigos e livros digitais, use sempre o bom senso para determinar se o que lhe é dito faz sentido ou não e, caso tenha dúvida, busque e compare com outras fontes de informação em que possa confiar, ok?

Bem, se você identificou-se cometendo ao menos um desses erros, já sabe o que fazer: pare agora mesmo! Não há mais desculpas para continuar repetindo tais erros, afirmando que “não sabia que era errado”, pois agora você já foi alertado. E continue lendo nosso blog, pois poderá encontrar muito mais informações úteis!