Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Dicas de nutrição para idosos

Uma alimentação saudável é importante para uma boa saúde em todas as idades, mas sua importância tornar-se ainda muito maior para o indivíduo idoso. Uma boa nutrição pode ajudar a diminuir o risco de muitas doenças que afetam os idosos, tais como doença cardíaca, diabetes tipo 2 e câncer. Ela também ajuda a manter a saúde mental do idoso, bem como auxilia a manter a pressão sanguínea dentro dos níveis normais.

Dicas de nutrição para idosos

1. Não omita o café da manhã – É imprescindível que o idoso não pule o café da manhã. A primeira refeição é essencial para garantir a energia que o corpo precisa para realizar as tarefas do dia. O café da manhã deve ser composto por carboidratos (pão, bolo, biscoitos, cereais), proteínas (leite e seus derivados), fibras, vitaminas e minerais (frutas). Esses alimentos devem ser combinados para que possam fornecer os diversos tipos de nutrientes necessários a uma boa nutrição.

2. Escolha alimentos ricos em fibras – As fibras são boas aliadas na prevenção da constipação intestinal. Esse problema atinge muitos idosos e portanto a presença das fibras na dieta é essencial para uma boa saúde. As fibras também são boas aliadas na prevenção do diabetes e do colesterol alto. Elas podem ser obtidas através das frutas, verduras, legumes e dos alimentos integrais. Em todas as refeições do dia, é importante acrescentar algum alimento rico em fibra, pois os alimentos fontes de fibras são essenciais em uma dieta saudável.

3. Ter pelo menos 3 porções de leite por dia – O cálcio é um mineral essencial durante toda a vida do indivíduo. Ele deve ser obtido através de alimentos como leite e seus derivados, além de alimentos como cereais, tangerinas, peixe fresco, soja entre outros alimentos. Muitos idosos sofrem com a osteoporose que é uma doença que enfraquece os ossos, o cálcio obtido durante toda a vida do indivíduo auxilia na prevenção desse problema no idoso. Suplementos vitamínicos de cálcio também podem ser necessários para evitar a osteoporose, no entanto esses suplementos não podem ser utilizados por conta própria, é necessário que um médico avalie a situação do idoso e recomende ou não a suplementação.

4. Beba muita água – A hidratação é essencial para a manutenção de um organismo saudável. Muitos idosos sofrem com uma hidratação inadequada, pois não se hidratam corretamente. É importante que o idoso beba muita água e outros líquidos durante o dia, pois a desidratação pode gerar sérios problemas à saúde.

5. Coma 3 porções de frutas e 5 porções de vegetais por dia – As frutas e os vegetais são alimentos muito importantes pois fornecem nutrientes como vitaminas, minerais e fibras; uma dieta pobre nesses alimentos não é considerada uma dieta saudável. É importante que as frutas e os vegetais sejam variados, até para que não haja uma monotonia na alimentação do idoso.

7. Procure alimentos que são enriquecidos com vitamina B12 – A vitamina B12 pode ser encontrada em alimentos de origem animal, a carne vermelha é a principal fonte dessa vitamina. A ausência dessa vitamina no organismo provoca problemas como anemia além de problemas neurológicos.

Ao comer alimentos nutritivos, o idoso estará dando seu corpo o combustível que necessita para levar uma vida ativa. É importante que as pessoas que cercam o idoso, colaborem para que o mesmo tenha uma nutrição adequada. Muitas vezes a refeição do idoso é preparada por outra pessoa, logo essa pessoa é quem deve se responsabilizar pela qualidade da alimentação do idoso bem como pela boa parte da sua qualidade de vida.

Algumas atividades físicas podem ser praticadas pelos idosos desde que haja uma avaliação médica, essas atividades podem ajudar o idoso a se tornar mais ativo bem como a evitar uma série de doenças provocadas pelo sedentarismo.