Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Cirurgia de lipoaspiração

As células adiposas são responsáveis por armazenar a gordura presente no organismo, essas células apresentam a capacidade de aumentar ou diminuir de volume de acordo com a disponibilidade de gordura. Existem alguns lugares do corpo como por exemplo o abdômen que apresenta uma maior tendência para o acúmulo dessas gorduras. Muitas pessoas tentam recorrer a lipoaspiração quando não conseguem perder peso através de dietas e exercícios, no entanto vale ressaltar que a cirurgia não é indicada para todos os tipos de pessoas.

Essa cirurgia é indicada para aqueles indivíduos que apresentam gordura localizada, a lipoaspiração não é para pessoas que desejam emagrecer mas sim para aqueles indivíduos que se encontram dentro do IMC de eutrofia, no entanto apresenta gordura localizada em alguns pontos do corpo.

Fatores que contribuem para a gordura localizada

  • O tipo de alimentação sem dúvida é determinante em praticamente toda a gordura presente no organismo do indivíduo. A dieta é uma questão que precisa ser corrigida, pois mesmo quando o indivíduo faz a lipoaspiração e continua comendo de forma errada o problema da gordura localizada tende a voltar a ocorrer.
  • A prática de exercícios físicos é outro fator determinante no surgimento da gordura localizada, pois grande parte da gordura corporal pode ser eliminada através de atividades físicas específicas para combater esse tipo de gordura. Além disso, praticar exercícios é fundamental para a saúde.
  • A genética também influência a predisposição do indivíduo apresentar gordura localizada.

No entanto, existem indivíduos que mesmo seguindo uma alimentação saudável e praticando exercícios físicos, apresentam algumas áreas onde somente uma intervenção cirúrgica poderá remover alguns tipos de gorduras.

A lipoaspiração é um método que consiste em introduzir no subcutâneo (região que apresenta grande depósito de gordura) do paciente uma cânula metálica que irá aspirar a gordura presente naquela região. Os riscos apresentados pela cirurgia aumenta de acordo com a quantidade de gordura que foi retirada.

Um aspecto importante para realizar a cirurgia é a escolha do médico. É necessário que o paciente procure um bom profissional que irá orientá-lo sobre a realização da cirurgia bem como sobre o pós operatório. O médico deverá pedir os exames necessários para a realização de cirurgias além de fazer uma avaliação clínica. Pessoas que apresentam grande quantidade de gordura corporal, pele muito flácida e alguns problemas como hipertensão, alergias entre outros; muito provavelmente não poderá realizar a cirurgia. No entanto, o médico é o profissional responsável por recomendar ou não o procedimento cirúrgico.

O pós operatório é sem dúvida muito importante no resultado final da lipoaspiração. O paciente deve seguir todas as recomendações do médico que irão variar de acordo com a gravidade da cirurgia, as recomendações mais comuns são: repouso, de duração que irá variar de acordo com cada caso, esse repouso inclui evitar realizar serviços pesados e a prática de atividades físicas; e em alguns casos o paciente também deve ficar sem tomar sol por um período, isso é necessário quando ocorre o aparecimento de manchas roxas na pele; além disso realizar sessões de drenagem linfática ajudam a evitar o edema.