Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Geral As pessoas estão se interessando menos por nutrição

As pessoas estão se interessando menos por nutrição

Aquilo que muitos já especulavam está se mostrando uma grande verdade: as pessoas estão perdendo o interesse em saber mais sobre nutrição e como cuidar de seu bem-estar!

De onde vem essa informação?

A constatação veio por meio de análise do histórico do volume de buscas no Google Search, o mecanismo de busca mais empregado na web. Analisando os dados de 2004 até agora, nota-se uma leve tendência de queda no volume de buscas por nutrição e termos relacionados.

Já sabemos que em certas épocas do ano a busca é sempre reduzida, por exemplo nos meses de dezembro e janeiro, quando as visitas em nosso blog chegam a cair pela metade devido à maior preocupação com o período de festas (praticamente um “recesso” em toda e qualquer dieta é declarada nessa época), entretanto o que estamos comentando é que a curva de buscas está decrescendo gradualmente, demonstrando que as pessoas estão aos poucos perdendo o interesse.

Triste, pois uma vez que a população não pára de crescer a curva deveria ao menos crescer proporcionalmente, mas não é o que estamos percebendo… E segundo a projeção do Google, a tendência será piorar.

Expectativas caso o quadro se mantenha

Se o descaso com a nutrição continuar, não é muito difícil imaginar que as pessoas estarão mais propensas a diversos distúrbios alimentares. Vamos usar o raciocínio um pouco e pensar no que estamos falando:

  • Crescimento da obesidade. Já comentamos sobre isso, inclusive, no artigo O Brasil está ficando mais gordo!, que aponta que nos últimos três anos o número de obesos aumentou 22%!
  • Aumento do número de casos de doenças crônicas não-transmissíveis. Como já comentamos diversas vezes, problemas de saúde como a hipertensão arterial estão muitas vezes relacionados a maus hábitos alimentares;
  • Aumento do risco de doenças cardiovasculares. Uma alimentação inadequada, recheada de frituras, e a falta de prática de exercícios podem levar ao acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos, um agente e agravante de diversos problemas relacionados ao sistema circulatório;
  • Mais gastos com a saúde. Uma vez que o número de pessoas com problemas de saúde poderá aumentar, poderemos ter mais gastos públicos em campanhas em prol da saúde, gastos em hospitais e postos de saúde públicos, planos de saúde elevarem ainda mais o preço – quanto maior a probabilidade de uma pessoa precisar de seus serviços, mais caros eles ficam, já perceberam?

Acreditamos que não é este quadro que todos desejam para si ou seus familiares, sendo assim o momento de começarmos a agir é agora. Você não pode mudar o mundo, mas pode arrumar a sua casa, não é mesmo? Sendo assim, comece por cuidar melhor de sua saúde e de sua família, a preocupar-se mais quanto à sua nutrição e ao seu estilo de vida. Aconselhe amigos e parentes a fazer o mesmo, quem sabe assim, “consertando seu telhado”, não leve seu vizinho a querer consertar o dele também?

Ou nos preocupamos hoje com a nossa saúde, ou amanhã sofreremos as consequências.

TopBack to Top