Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Algumas pessoas nasceram para ser obesas?

A obesidade é um problema de saúde pública crescente em todo o mundo. Mediante o aumento do número de obesos no mundo, surge uma questão relevante:  Algumas pessoas nasceram para ser obesas?

Diversos fatores pode levar ao surgimento da obesidade. São eles, problemas hormonais, excesso da ingestão de alimentos calóricos, sedentarismo, depressão e outros distúrbios psicológicos. Os fatores genéticos também são relevantes no contexto da obesidade.

Por ser uma doença multifatorial, é difícil identificar a causa da obesidade, porém identificar a causa é essencial para o combate eficaz da doença.

A obesidade associada a genética caracteriza-se geralmente por um grande número de pessoas obesas em uma mesma família, é comum também no caso de obesos por influência genética, a tentativa constante de emagrecer associada a grande dificuldade em perder peso, geralmente esses indivíduos são obesos desde a infância até a fase adulta.

Alguns estudos realizados já podem evidenciar a influência da obesidade associada a deficiências e mutações genéticas, na maioria dos casos analisados pode-se observar o desenvolvimento de obesidade grave relacionada ao fator genético. O número de indivíduos onde a obesidade pode ser ocasionada pela questão genética é alto.

Riscos da obesidade

A obesidade pode acarretar uma série de outras doenças e distúrbios como hipertensão, hipercolesterolemia, doenças do coração, diabetes e problemas relacionados a alguns órgãos como fígado e rins. Além disso, ela pode acarretar várias limitações físicas e problemas psicológicos.

Tratamento da obesidade relacionada a genética

Muitas pessoas conseguem manter-se longe da obesidade, mesmo sendo predispostas geneticamente a serem obesas. Manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas deve fazer parte do estilo de vida dessas pessoas. Em alguns casos o médico ou nutricionista poderá indicar tratamentos à base de medicamentos associados a uma dieta saudável e equilibrada, em outros mais graves pode-se indicar a cirurgia de redução gástrica.

Em qualquer um dos casos é importante lembrar que o indivíduo predisposto geneticamente a obesidade, deverá optar por uma vida saudável. Pois para manter-se longe dos problemas da obesidade, será necessário hábitos saudáveis durante toda a vida do indivíduo.