Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Relação entre a Cárie Dentária e Alimentação

Relação entre a Cárie Dentária e Alimentação

Vários estudos científicos sobre a cárie dentária foram realizados e o s pesquisadores chegaram a uma conclusão: A cárie está relacionada diretamente à alimentação que é consumida pelo indivíduo, principalmente quando ele ingere  grande quantidade  carboidratos refinados.

Como se Forma a Cárie Dentária

De acordo com profissionais especializados  em odontologia  a cárie dentária é uma alteração que ocorre em decorrência do desequilíbrio na  cavidade oral, e se caracteriza por ser uma enfermidade destrutiva e infecciosa que fica localizada exatamente nos tecidos calcificados dos dentes e que depende da sacarose para se desenvolver. Para que  esse problema ocorra é necessário uma dieta que provoque a cárie e que  interaja com os agentes patogênicos que  estão presentes na boca.

Os especialistas informam que a cárie dentária está relacionada diretamente à alimentação consumida pelo indivíduo e mais especificamente a grande quantidade de carboidratos refinados presentes nas refeições das pessoas, principalmente  a sacarose que  é considerado como o  dissacarídeo que mais provoca cárie , e que está mais presente na dieta alimentar das famílias de quase o mundo inteiro.

Dados Estatísticos da Ocorrência de Cárie Dentária

Segundo dados coletados pelo Ministério da Saúde (relativos ao  ano de 2008) sobre a situação da dentição do povo brasileiro, foi constatado que nas crianças entre dezoito e trinta e seis meses de vida havia pelo menos um dente cariado. Esse percentual aumentava para sessenta por cento em crianças na faixa etária de cinco anos de idade. Como o aumento da idade os índices médios tendem também a aumentar,  sendo que aos doze anos  a média de cáries é em torno de  4,7, nos jovens fica em torno de 8,1 , nos adultos há um  aumento para 24,1 e nas pessoas idosas o índice médio fica em torno de 37,5.

Os primeiros alimentos que eram consumidos pelos seres humanos demonstram que havia um índice baixo dos problemas de cáries nos dentes. Com a introdução de grãos de cereais e açúcares na alimentação das pessoas, demonstrando que ocorreu uma mudança no padrão alimentar da população em geral que diante de um mundo moderno viu-se obrigada a consumir mais alimentos industrializados, ocorreu com certeza um aumento significativo do problema da cárie dentária na população em virtude do consumo exagerado de produtos comercializados em vários locais como padarias e lanchonetes, que apresentavam na sua composição uma grande quantidade de açúcar.

Processo Cariogênico

Os profissionais informam que o processo de produção de cárie também conhecido como cariogênico se inicia quando há a produção de ácidos quando a placa dentária da pessoa é ocupada pelo produto que e resultante do metabolismo das bactérias.Após esse processo outro os sucede que é descalcificação da superfície que só termina quando o tamponamento da saliva da pessoa consegue aumentar o PH a um nível superior ao cítrico.

Depois disso a placa combinada com o cálcio termina se endurecendo e formam o cálculo ou o tártaro que tem  a propriedade de irritar também a gengiva do indivíduo.

Alimentos e Substâncias que Podem ou Não Causar Cáries

Alimentos Cariogênicos : Esses tipos de alimentos são os ricos em carboidratos principalmente os refinados que são os doces e os  açúcares  muito consumidos por crianças e jovens ou por pessoas com compulsão alimentar por doce, no caso de pessoas com sintomas de ansiedade, angústia ou depressão por exemplo.

Alimentos Cariostáticos : São os recomendados pelos especialistas pois não contribuem para a formação da cárie dentaria. Entre eles estão:Ovos, carnes frango e peixes que são alimentos à base de proteínas e os que são ricos em gorduras também contribuem para a não formação da cárie pela película oleosa que forma na dentição da pessoa.

Ingestão de Água: O consumo de água além de ser essencial para manter o equilíbrio do organismo humano através de suas funções vitais,sua ingestão também contribui para a limpeza da arcada dentária dos indivíduos evitando com isso o problema de cárie.

Ingestão de Alimentos à base de Fibras. A ingestão das fibras é recomendada por vários especialistas em nutrição para manter  o sistema digestivo em equilíbrio. Sua contribuição para  uma boa dentição livre do problema da cárie é fundamental pois elas tem a propriedade de limpar e irrigar os dentes dos indivíduos que a incluem em sua dieta alimentar.

Por Salete Dias