Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Doença de Crohn e Alimentação

Uma alimentação adequada é fundamental para indivíduos portadores da Doença de Crohn, pois um trabalho nutricional individualizado consegue trazer muitos benefícios à qualidade de vida do enfermo.

Doença de Crohn e Digestão

A Doença de Crohn pode ser definida  como uma inflamação do intestino delgado que  impede sua capacidade de absorção dos nutrientes, que estão contidos nos alimentos consumidos pelos indivíduos. Devido a essa complicação, os portadores da Doença de Crohn apresentam falta de apetite  e desnutrição. Essa enfermidade normalmente afeta o cólon e o íleo, no entanto pode abranger também todo o trato gastrointestinal.

Etiologia e Sintomas da Doença de Crohn

De acordo com especialistas na área de saúde, as causas da Doença de Crohn ainda não estão esclarecidas, mas há uma hipótese de que a doença seria originada a partir de processos autoimunes desencadeados por fatores ambientais, como o fumo e a alimentação por exemplo, além de aspectos genéticos. A faixa etária em que a doença costuma aparecer é entre os vinte e trinta anos.

A Doença de Crohn apresenta como principais sintomas dores na região do abdômen notadamente depois das refeições, ocorre também diarréia com fezes que podem conter sangue, favorecendo a um quadro clínico de  anemia. A falta de apetite e consequente emagrecimento também são sintomas normais da enfermidade. Em casos mais graves, quando o paciente já atingiu a fase aguda da doença os episódios de dores nas articulações e febres são frequentes,e em alguns portadores pode ocorrer também abcessos(Doença perianal).

Tratamento para a Doença de Crohn

Os especialistas são unânimes em afirmar que o tratamento para os portadores da Doença de Crohn devem ser individualizados, dependendo da  seriedade do quadro clínico, da localização da inflamação, quais os tipos de complicações existentes e se houve tratamentos anteriores. Só após a análise desse aspectos é que se torna possível prescrever uma terapêutica adequada para a Doença de Crohn.

O tratamento inclui desde medicamentos, até suplementos nutricionais ou cirurgia e dependendo do estado do doente pode haver necessidade da combinação dos três procedimentos. A parte nutricional é muito importante para o paciente, pois dependendo dos alimentos consumidos pode haver melhora em alguns casos com  a prevenção  e até o tratamento de alguns déficits que possam ocorrer em virtude da mal absorção causada pela inflamação nos tecidos do intestino.

Dieta Alimentar  e Consumo de Vitaminas

Os especialistas na área de saúde e nutrição informam  que não existe uma única dieta alimentar para todos os portadores de Doença de Crohn. As recomendações nutricionais são feitas  de maneira individualizada de acordo  com cada caso. Vale ressaltar que  com o passar dos anos pode haver uma alteração na Doença de Crohn, pois ela não é um enfermidade  de padrão estático, e com isso os hábitos alimentares também são influenciados por essas mudanças.

De uma maneira geral, o doente deve seguir uma alimentação balanceada e ingerir muito líquido durante o dia. Quando  a pessoa estiver em crise, deve se alimentar em pequenas refeições de cinco a seis vezes ao longo do dia distribuídas a cada quatro horas. Outra recomendação é reduzir  o consumo de gordura que pode causar a diarréia, além de reduzir o  consumo de fibras vegetais, pois esse alimentos não são totalmente digeridos pelo organismo da pessoa, podendo intensificar  a diarréia que afeta o paciente.

Quanto ao  uso de vitaminas, a maioria dos especialistas em medicina recomendam a utilização de complementos multivitamínicos com regularidade, para evitar as possíveis deficiências das vitaminas do complexo B, vitamina A, E, K e D, além dos sais minerais como ferro, magnésio e potássio que são importantes para o organismo humano.

Orientação Alimentar para Portadores da Doença de Crohn

Os especialistas recomendam de uma maneira geral alguns cuidados na alimentação dos pacientes com Doença de Crohn que são os seguintes:
-Fazer alimentação fracionada, para evitar o mal-estar causado pelas três refeições principais .
-Consumir alimentos antiinflamatórios como os que são ricos em ômega 3;                                                                                 -Alimentos que contenham nutrientes como as vitaminas A, D, E e K devem ser consumidos pois são potenciais antioxidantes, já que sua absorção pelo organismo do doente deve estar deficiente;
-Ingerir alimentos ricos em fibras solúveis, pois eles auxiliam no controle da diarréia que afeta dos doentes;
-Evitas comidas gorduras, alimentos ricos em açúcar ou muito condimentados.

De uma maneira geral o portador da Doença de Crohn pode fazer uma alimentação com uma quantidade adequada de todos os nutrientes, respeitando somente suas  necessidades individuais.

Por Salete Dias