Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Consumo de alimentos funcionais e orgânicos

Atualmente a busca por uma dieta saudável se tornou uma prática muito comum entre a população. Cada vez mais as pessoas estão preocupadas em manter uma boa saúde através da alimentação, pois já se deram conta de que os alimentos apresentam uma grande importância no bem estar do indivíduo de uma maneira geral. O consumo de alimentos funcionais e orgânicos entram nesse cenário como uma das opções mais procuradas por aqueles que se preocupam com uma dieta saudável.

A mídia e os diversos meios de comunicação sem dúvida colaboram para que isso aconteça, pois cada vez mais são divulgados os benefícios adquiridos através da ingestão desses alimentos. Com isso, resta a população saber quais são estes tipos de alimentos e buscar trazê-los para sua dieta habitual tornando isso um hábito saudável.

Alimentos funcionais

Os alimentos funcionais são aqueles que garantem algum tipo de benefício ao organismo do indivíduo. Isso porque, eles contem substâncias como fitoquímicos ou compostos bioativos que propiciam o fornecimento de radicais livres além de evitar uma série de doenças. Alguns alimentos funcionais que podemos destacar, são:

Aveia – Este alimento é muito conhecido por ter seu consumo incentivado por especialistas pois atua na redução dos níveis de colesterol. Estudos realizados com indivíduos que apresentavam colesterol ruim (LDL) elevado, mostraram que o consumo regular de aveia auxilia na redução do mau colesterol e aumenta os níveis do bom colesterol.

Tomate – O tomate é um alimento que contém em sua constituição o licopeno que é uma substância que auxilia na redução da incidência de câncer principalmente o de próstata.

Vinho do tinto – O vinho tinto é uma bebida que garante uma série de benefícios ao organismo, quando consumido com moderação. Isso não é justificativa para que o indivíduo consuma uma grande quantidade de vinho, mas uma taça de vinho diariamente pode ser muito benéfica ao organismo. O vinho contém resveratrol e polifenóis que são substâncias que auxiliam no combate a diversos tipos de doenças cardíacas.

Peixes – Não é a toa que desde pequeno ouvimos dizer que comer peixe faz bem a saúde! Os peixes, em especial o salmão, são ricos em ômega 3 que são as chamadas gorduras boas. O ômega 3 apesar de ser um tipo de gordura, protege o organismo contra diversos tipos de inflamações e doenças cardiovasculares.

Frutas, legumes e verduras – As frutas, verduras e legumes são alimentos que apresentam diversos tipos de vitaminas e minerais em sua constituição e por isso auxiliam o indivíduo a obter os nutrientes necessários ao bom funcionamento do seu organismo. A variedade desses alimentos permite a obtenção dos benefícios relacionados a uma alimentação variada. A recomendação nutricional para frutas é de 3 porções diárias, enquanto que para legumes e verduras é de 5 porções por dia. Quando observamos essa recomendação fica fácil perceber que raramente conseguimos ingerir esses alimentos nas porções recomendadas.

Alimentos orgânicos

São alimentos que a sua produção não utiliza produtos químicos que mais tarde possam causar algum mal ao organismo. Com isso e associado a outros tipos de cuidados com utilização de solo fértil, adubos e fertilizantes naturais, pode-se observar que o produto final é um alimento mais saudável e de maior qualidade que é fornecido ao consumidor.

Obviamente que esse produto demanda um maior custo durante o seu processo de cultivo e dessa forma os alimentos orgânicos são mais caros quando comparados aos outros alimentos. Isso se torna muitas vezes um empecilho para que a maioria da população utilize esses alimentos.

Consumo de alimentos funcionais e orgânicos

Como podemos observar muitos dos alimentos funcionais, podem ser obtidos em sua forma orgânica e é a partir daí que o consumidor pode ter certeza do produto de qualidade que está consumindo e dos benefícios efetivamente garantidos. Por exemplo, o tomate é um alimento funcional, no entanto se ele for consumido associado a produtos químicos que foram utilizados durante o seu cultivo, os benefícios desse alimento estarão associados a malefícios causados pela contaminação química durante o seu cultivo. Já quando o indivíduo consome um tomate orgânico, não existe esse risco.

No entanto, quando o indivíduo não possui condição financeira de custear uma alimentação orgânica, uma boa saída é ter a sua própria horta em sua residência ou em outro local. Quando isso não é possível, deve-se procurar adquirir os alimentos funcionais da mesma forma, pois com certeza eles trarão benefícios a sua saúde.

O consumo de alimentos funcionais e orgânicos sem dúvida é uma excelente maneira de manter uma dieta saudável e garantir uma melhor qualidade de vida.