Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Alimentos Benefícios da Gelatina na Reposição de Colágeno

Benefícios da Gelatina na Reposição de Colágeno

Benefícios da gelatina na reposição de colágeno

Poucas pessoas sabem mas as gelatinas que são consumidas como simples sobremesas podem contribuir muito para a manutenção de um organismo mais saudável. As gelatinas são fontes de colágeno que é uma substância essencial para manter a firmeza da pele e o tônus muscular dos seres humanos. De acordo com especialistas é necessário somente uma reposição de colágeno por dia para que seus benefícios possam ser observados nas pessoas.

Benefícios no uso da gelatina para o corpo humano

Normalmente utilizada como sobremesa ou como um ingrediente em alguma receita, o consumo de gelatina que é um produto extraído do colágeno contribui de forma significativa para manter os cabelos e as unhas fortes, além de oferecer uma hidratação na pele das pessoas proporcionando uma maior espessura e resistência na mesma. O colágeno de origem animal que é de onde geralmente se originam as gelatinas mantem em sua constituição básica vários fragmentos protéicos quando são absorvidos pelo intestino dos seres humanos e são digeridos não totalmente, mas sim parcialmente fornecendo para o organismo os aminoácidos que são estruturas essenciais para a regeneração de articulações bem como para a manutenção de ossos saudáveis.

De acordo com pesquisas científicas realizadas sobre esse tema para  a manutenção de um corpo saudável as pessoas precisam consumir diariamente mais ou menos uma quantidade equivalente de colágeno proporcional a um quilo de seu peso corporal. Quando os indivíduos atingem  a faixa etária de vinte e cinco anos o corpo começa a reduzir a produção de colágeno que é exatamente o contrário do que deveria acontecer uma vez que, quanto mais velho a pessoa fica mais necessita de colágeno para manutenção do tónus muscular e firmeza da pele  e o colágeno contribui também para a manutenção de ossos mais firmes.

Quando a pessoa atinge os cinquenta anos de idade seu corpo produz somente cerca de 35% de colágeno necessário ao seu organismo, variando claro de acordo com  a condição física de cada pessoa. Com  a redução do colágeno, a densidade dos ossos fica reduzida  e os músculos flácidos, além dos ligamentos e das articulações tornarem-se mais fracas assim como as cartilagens que ficam cheias de poros.

Os cabelos também sofrem com essa diminuição pois ficam com sua espessura  reduzida, além da perda do viço que antes existia. Alguns órgãos do corpo humano também podem apresentar um funcionamento inadequado em virtude dessa perda de colágeno. Com a pele da pessoa mais fraca, sem elasticidade e desidratada ocorre a flacidez e o aparecimento de estrias  bem como  um maior ganho de reservas de lipídios.

Importância das propriedades da gelatina para o organismo

Os especialistas informam que a gelatina é constituída por dezoito aminoácidos e  para o corpo humano apenas dez aminoácidos essenciais são necessários para sua manutenção e eles são ingeridos através da alimentação. No caso da gelatina, dos dezoito aminoácidos nove deles são os chamados aminoácidos essenciais que constituem uma  proteína de digestão fácil.

A gelatina é composta de cerca de 2% de sais minerais e água e mais de 80% de proteínas o que a faz um alimento puro que traz muitos benefícios ao organismo humano. Como não apresenta em sua constituição básica gorduras, purinas ou colesterol nem qualquer tipo de aditivo pode ser utilizada com resultados satisfatórios em dietas para perda de peso corporal. Porém uma das mais importantes propriedades da gelatina, segundo pesquisadores, é sua transformação em um gel do tipo termo-reversível que  facilita a conversão de uma solução sólida em líquida através do processo de aquecimento.

Em virtude disso a gelatina se constitui em um elemento de ligação natural sendo encontrada em várias sobremesas que a utilizam com  essa finalidade como em gomas de gelatina, caramelos, marshmallows entre outras. Por ser rica em colágeno que é um nutriente benéfico à saúde das pessoas, os especialistas recomendam uma ingestão frequente de gelatina para  que os indivíduos possam preservar a boa saúde dos tendões, ossos e cartilagens do corpo, além de uma pele firme e tonificada.

Alguns pesquisadores ressaltam que a gelatina também apresenta  a capacidade de atuar na prevenção de algumas enfermidades, por isso seu consumo é recomendado para todas as faixas etárias, mas principalmente para crianças e pessoas idosas que apresentam uma perda de tônus muscular  e elasticidade da pele bem acentuados. Desse modo com o consumo diário de uma sobremesa simples de fazer e  saborosa, as pessoas podem contribuir de maneira significativa para a manutenção de um organismo mais saudável.

Por Salete Dias

TopBack to Top