Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Alimentos essenciais na dieta de esportistas

Sabe-se que uma alimentação variada é a base de uma dieta saudável. Isto porque nosso organismo necessita de diversos nutrientes que só podem ser ofertados através de uma grande variedade de alimentos. Os alimentos essenciais na dieta de esportistas, são para fornecer energia ou para elevar aos poucos a glicose sanguínea entre outras funções.

Os esportistas requerem do organismo um maior gasto de energia e a depender do esporte praticado necessitam de alimentos com um elevado conteúdo proteico. Na verdade, o nutriente em evidência que o corpo necessitará, está relacionado com o tipo de atividade desempenhada pelo atleta.

Alimentos essenciais na dieta de esportistas

Aveia – a aveia é um alimento considerado funcional, pois contribui para o bom funcionamento intestinal é rica em gorduras insaturadas e auxilia na diminuição da absorção do açúcar. Além disso, ela é um excelente alimento para contribuir com o aumento da massa muscular magra. A aveia pode ser adicionada a iogurtes, vitaminas, sucos e mingaus.

Ovo – o ovo é um alimento riquíssimo em proteínas de alto valor biológico, além de apresentar vitaminas e aminoácidos essenciais ao organismo. A maior fonte de proteína do ovo encontra-se na clara, a gema apresenta uma maior porcentagem de colesterol e gorduras. As proteínas são de extrema importância para os praticantes de atividades físicas, já as gorduras presentes na gema auxiliam na produção de hormônios.

Brócolis – muitas pessoas podem estar acostumada a deixar este alimento fora do cardápio, entretanto ele é um alimento que contém poderosas propriedades que promovem a saúde. Além de possuir propriedades antioxidantes que auxiliam no combate aos radicais livres, o brócolis atua na prevenção de diversos tipos de câncer como de próstata, mama, pulmão, cólon entre outros. O mineral ferro presente no brócolis aliado a pequenas quantidades do boro, também presente neste vegetal, contribuem para um aumento da agilidade mental do indivíduo.

Alho – o alho é essencial para manter a saúde do coração. Ao ingerir um ou mais dentes de alho por dia, o indivíduo estará contribuindo para a redução dos triglicérides, para quem tem hipertensão arterial o alho ajuda a reduzir a pressão sanguínea elevada, contribui também para regularizar os níveis elevados de colesterol e combater episódios de trombose, já que ele impede a agregação plaquetária.

Carne vermelha – para os esportistas que não são vegetarianos, a carne vermelha pode ser uma boa aliada no fornecimento de ferro, proteínas, zinco e vitamina B12 ao organismo. A carne vermelha quando está presente na alimentação evita a anemia (permite a oxigenação das células do corpo), o cansaço além de contribuir para um melhor desempenho mental e físico.

Peixes – os peixes são alimentos essenciais na dieta de um atleta que busca uma vida saudável, eles são fontes de ômega 3 que é um ácido graxo essencial ao organismo. Para o atleta manter-se longe das inflamações e infecções, o peixe é um alimento fundamental pois possui propriedades anti-inflamatórias e fortalece o sistema imunológico.

Batata doce – este carboidrato que é rico em vitamina A e do complexo B fornece energia de forma gradativa durante a atividade física, elevando a glicose sanguínea aos poucos. Este alimento também é um potente aliado na prevenção de infecções, pois fortalece o sistema imunológico.

Todos os alimentos essenciais na dieta de esportistas devem estar associados a uma alimentação balanceada para que todos os nutrientes possam ser fornecidos ao organismo do atleta.

Fibras alimentares e expectativa de vida

Nos dias de hoje, há uma preocupação muito grande com a incidência de várias doenças crônico-degenerativas como, por exemplo, doenças cardíacas, pulmonares, vasculares, metabólicas e cancerígenas. Todas essas doenças estão relacionadas, principalmente, com a mudança no estilo de vida do homem moderno (alimentação inadequada, sedentarismo, estresse e muitos outros fatores que não favorecem uma melhor qualidade de vida ao indivíduo).

As fibras alimentares, carboidratos, vitaminas, minerais e proteínas de alimentos naturais estão sendo trocadas por uma alimentação mais industrializada. Alimentação esta, que não proporciona um melhor aproveitamento de nutrientes ou oferece alguns em demasia, como é o caso do sódio (que, na maioria das vezes, é encontrado com um teor muito acima do recomendado).

Alguns exemplos desses tipos de alimentos são os salgadinhos, os enlatados, os refrigerantes, os biscoitos, os embutidos como presunto, mortadela, salsicha e até os queijos.

As fibras têm notória participação na qualidade de vida do indivíduo, diminuindo consideravelmente o risco de morte dos indivíduos que as consomem regularmente.

As principais fontes de fibras são frutas, verduras, leguminosas, cereais, grãos e legumes. Elas evitam doenças crônicas como:

  • Vários tipos de câncer;
  • Coronárias;
  • Obesidade;
  • Diabetes e outras.

Além de melhorar o funcionamento do intestino e reduzir a ocorrência de doenças gastrintestinais. As fibras alimentares também regulam o fluxo do trato intestinal e auxiliam o homem em suas necessidades fisiológicas.

Alguns cientistas orientam o retorno da alimentação dos tempos passados, afim de tentar acabar com a incidência das doenças crônicas. Assim, acreditam eles, a ingestão de gorduras seria baixa e aumentaria o consumo de vitaminas e fibras.

O problema maior está nas grandes indústrias de alimentos e fast foods que lucram a cada dia mais e mais com seus produtos e não aceitam perder esse mercado. E continuam investindo em propagandas de dietas saudáveis, onde esta dieta é oferecida por elas, fazendo com que pessoas sem muita informação recorram a esse tipo de alimento. Embora não seja só as mais desenformadas que procuram esses meios de se alimentar, muitos desses usuários são até responsáveis pela manutenção da saúde dos indivíduos e a sua própria, e ainda assim optam por estilos de vida como esse.

A grande maioria dos entrevistados sobre o assunto referido logo acima afirmam não terem tempo para um novo estilo de vida, sendo o trabalho o maior causador disso.

Porém se quisermos uma vida mais tranquila, sem tantas incidências de doenças crônicas, o caminho mais indicado, ou melhor, o único, é ter uma alimentação regrada em vitaminas, proteínas, carboidratos e fibras alimentares e praticar exercícios físicos. Assim, o indivíduo terá uma maior expectativa de vida, e, com qualidade.

 

 

 

If you liked that, check these...

Coco

Cajá

Leguminosas