Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Alimentos Alimentação que aumenta a massa muscular

Alimentação que aumenta a massa muscular

Na nossa sociedade atual o culto ao corpo vem sendo propagado através das mídias sociais, como um atributo imprescindível para aqueles que querem ter sucesso tanto na vida profissional quanto na amorosa. Principalmente os indivíduos do sexo masculino, que desde cedo aprendem que ter força é obter músculos, para serem bem sucedidos em suas conquistas. Com esse pensamento muitas academias de musculação estão repletas de pessoas na ânsia de mudarem a compleição física, no entanto muitas vezes elas acabam esquecendo que a alimentação que aumenta a massa muscular é essencial para isso.

De acordo com pesquisas científicas que foram realizadas, cerca de setenta por cento do aumento massa muscular que os indivíduos conseguem obter provém dos alimentos que eles consomem. Mas quais serão esses alimentos, e como será que eles atuam no organismo dos seres humanos.

Estudos Científicos

Nos Estados Unidos, pesquisadores realizaram uma pesquisa científica em uma universidade e divulgaram uma lista com cerca de oito alimentos, que segundo seus estudos contribuiriam para o aumento da massa muscular. No Brasil, outros estudos científicos que foram feitos comprovaram que cerca de setenta por cento da massa muscular adquirida pelos seres humanos provém da alimentação que eles consomem e somente trinta por cento é devido às atividades físicas que exigem força de seus praticantes.

Com isso é possível constatar que o hábito alimentar adotado pelos indivíduos é de vital importância para que eles consigam ganhar massa muscular. Mas quais serão os alimentos que efetivamente provocam esse ganho de músculos? É o que veremos a seguir.

Alimentação que aumenta a massa muscular

Segundo as pesquisas científicas que foram realizadas existem alguns alimentos que aliados à prática de atividades físicas com peso, podem contribuir para o aumento da massa muscular nos seres humanos, são eles: ovos não fritos, nozes, carnes, castanhas do Pará, amêndoas, entre os principais. Vejamos agora como cada um deles pode atuar no organismo do indivíduo.

Ovo – Considerado como um dos alimentos que mais apresentam proteínas em sua constituição, e cuja gema possui vitamina B12 que apresenta a propriedade de auxiliar na contração dos músculos do corpo, além de contribuir para a redução dos altos níveis de gordura presentes na corrente sanguínea. Além disso, o consumo regular de ovos auxilia não somente a formação, quanto também à renovação dos músculos, peles e ossos.

Outros benefícios da ingestão de ovos são: auxiliar o desenvolvimento das fibras dos músculos corporais, e ajudar na recuperação após um treino físico quando é consumido com os carboidratos. É importante ressaltar que não é aconselhável consumir ovos fritos, sendo que o ideal é ingeri-los cozidos.

Carnes– O consumo regular de carne bovina contribui de forma significativa para a formação dos músculos no corpo humano.

Amêndoas- As amêndoas são fontes de vitamina E que é um importante antioxidante, na forma de uma substância chamada alfa-tocoferol. A principal função dos antioxidantes é realizar o combate aos radicais livres que nos seres humanos promovem o envelhecimento da pele de maneira mais rápida.

Nozes e castanhas do Pará – Esses alimentos também combatem os radicais livres que são responsáveis pelo envelhecimento precoce nos indivíduos, além de auxiliar na recuperação dos músculos corporais depois que a pessoa pratica uma atividade física com uma intensidade muito grande, e também ajuda a reduzir o colesterol LDL, que é conhecido como colesterol ruim, que se não tratados de modo correto, poderá contribuir para a formação nas artérias do corpo humano de placas gordurosas, o que vem a comprometer o sistema circulatório, pelo entupimento das veias e artérias, causando problemas de saúde graves na circulação sanguínea do indivíduo.

Considerações finais

Como foi demonstrado no texto acima, a alimentação contribui de forma significativa para o aumento de massa corporal no organismo dos seres humanos. É sempre importante ressaltar que todo e qualquer tipo de dieta deve ser prescrita por profissionais especializados na área de nutrição e nutrologia, além de especialistas em educação física para orientar os indivíduos na prática de atividades físicas que envolvam pesos, como a musculação, por exemplo.

A alimentação que aumenta a massa muscular, de acordo com especialistas, deve ser composta principalmente por alimentos que são fontes de proteína e podem ser consumidos ao longo do dia, tanto nas principais refeições quanto nos lanches. Esses alimentos provocam a sensação de saciedade, evitando que o indivíduo se alimente de maneira exagerada, e consequentemente apresente no futuro, o problema da obesidade, além de fazerem com que a pessoa ganhe massa muscular.

Por Salete Dias

 

 

 

 

 

 

TopBack to Top