Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Alimentação pós cirurgia bariátrica

A cirurgia bariátrica é uma alternativa que não é indicada em todos os casos, essa cirurgia é indicada para obesos considerados mórbidos que são aqueles que apresentam IMC superior a 40. Alguns casos específicos de pessoas com IMC menor que 40 também podem fazer a cirurgia desde que fique comprovado que o indivíduo apresenta problemas relacionados com a obesidade.

O estômago do obeso mórbido se encontra muito grande e para que o indivíduo sinta-se saciado é necessário ingerir uma grande quantidade de alimentos, situação essa que só é revertida por meio de intervenção cirúrgica. A cirurgia bariátrica consiste em reduzir o tamanho do estômago e portanto consegue fazer com que o paciente perca peso rapidamente. No entanto, mudanças de comportamento são necessários durante toda a vida do indivíduo após realizar a cirurgia. Portanto, é uma decisão que deve ser tomada de forma muito consciente juntamente com o médico.

Alimentação pós cirurgia bariátrica

  • Todas as recomendações referentes a cirurgia incluindo o pós operatório devem ser informadas ao paciente antes mesmo que a cirurgia aconteça. É necessário informar ao paciente que a partir do momento que ele for submetido a cirurgia os hábitos alimentares antigos devem ser deixados para trás, para que o resultado da cirurgia seja satisfatório; comer pequenas quantidades de alimentos e mastigá-los muito bem também estão entre as recomendações.
  • Como esses indivíduos irão ingerir poucos alimentos é muito comum surgir deficiências de vitaminas e minerais, por isso é muito importante que ele seja acompanhado por um nutricionista. O acompanhamento nutricional é fundamental para que o paciente consiga emagrecer sem trazer complicações para o organismo, além disso é necessário também um acompanhamento psicológico que irá auxiliar o indivíduo a lidar melhor com as mudanças sofridas no corpo.
  • Nas primeiras semanas após a cirurgia, a alimentação do paciente é somente líquida com o objetivo de poupar o estômago do seu trabalho. Na segunda fase de recuperação do estômago são indicadas as papinhas que podem causar algum tipo de desconforto como enjoos no indivíduo, no entanto ela são muito importantes pois irão fornecer nutrientes que são essenciais ao indivíduo. Outro aspecto importante é que as papinhas devem ser bem diversificadas para que uma variedade de nutrientes possam ser fornecidos ao paciente, o nutricionista pode indicar diversos tipos de receitas para facilitar esse processo.
  • A evolução dessa dieta até chegar a fase da alimentação habitual é estabelecida pelo médico de acordo com o estado de saúde do paciente. É importante lembrar que a nova alimentação deverá ser isenta de alimentos gordurosos, ricos em açúcares e de uma série de alimentos que outrora fazia parte da dieta do indivíduo. É importante a partir de então, adotar uma dieta saudável além de praticar atividades físicas quando estas forem liberadas pelo médico.
A cirurgia bariátrica é considerada uma medida de tratamento para a obesidade mórbida e suas consequências a saúde. No entanto, o melhor a ser feito é evitar essa doença com medidas básicas como uma alimentação saudável além da prática de atividades físicas, pois a obesidade é uma doença crônica que gera outros problemas de saúde ao organismo.

 

 

 

 

 

 

 

If you liked that, check these...

A Soja

Principais mitos das dietas

O Repolho