Nutrição em Foco

Porque sua saúde vem em primeiro lugar!

Nutrição em Foco Alimentos A importância de um prato colorido

A importância de um prato colorido

Muitas pessoas já olharam para uma refeição e pensaram em como poderiam obter mais cor no prato? Principalmente em casas onde as crianças estão em idade de crescimento e não querem comer adequadamente, isto se torna um problema de relevante importância. Nesse artigo veremos qual a importância de um prato colorido ser consumido em nossa refeição.

Planejamento de um prato colorido

De acordo com especialistas uma grande variedade de alimentos coloridos nas refeições das pessoas, é de extrema importância para que se obtenham mais benefícios para a saúde.

O planejamento de refeições coloridas faz com que os indivíduos se sintam mais atraídos por esses alimentos abrindo o apetite, além de servir como uma maneira de verificar se a refeição consumida é bem equilibrada, incluindo alimentos ricos em nutrientes como frutas, verduras, grãos integrais, fibras, além de alimentos com baixo teor de gordura, como os derivados do leite, queijo ou iogurte.

O planejamento de refeições deve ter uma boa “densidade” de nutrientes. Este termo se refere a alimentos que são fontes de um ou mais nutrientes. Esses alimentos são naturalmente ricos em cores. Como exemplos de nutrientes densos com cores ricas podem ser incluídos: maçãs, bananas, kiwis, brócolis, pimentão, morango, espinafre, tomate, uvas, laranjas, leite, iogurte, abóbora, berinjela, soja, nozes, ovos, feijões, ervilhas, óleos, abacates, alimentos que contenham grãos integrais e fibras, entre outros.

Quando as pessoas combinam os alimentos coloridos, com os outros de sua refeição, elas provavelmente estarão consumindo uma alimentação saudável.

Guia para criar mais cores na sua refeição

Agora que todos já sabem a importância de um prato colorido, que vai muito além do aspecto atrativo para crianças com problemas de falta de apetite, pois os alimentos que formam esses pratos são ricos em nutrientes que fazem bem a saúde dos seres humanos, veremos algumas sugestões de cardápio para refeições bem coloridas.

Café da manhã para quem gosta de panquecas:

Ao invés de comer as panquecas tradicionais as substitua por panquecas feitas com grãos integrais. Adicione um pouco de nozes à massa da panqueca para só depois adicionar os grãos integrais. A panqueca terá mais e fibras, e não terá gorduras.

Em vez do xarope de groselha, coloque uma colher de sopa de seu iogurte favorito em cima delas para adicionar ao seu prato cálcio, vitamina D, potássio e probióticos, que podem ajudar na digestão, deixando-as mais saudáveis.

Em cima das panquecas coloque frutas frescas como bananas, morangos e maçãs para obter mais vitamina C, potássio, luteína, fibras e outros nutrientes saudáveis que podem ser benéficos ao coração e a saúde em geral das pessoas.

Almoço com arroz branco, peito de frango, couve-flor.

Tente substituir o arroz branco por arroz integral para aumentar a ingestão de fibras.

Cubra o frango com uma colher de sopa de salsa para ter na refeição pouco de ácido fólico adicionado, vitamina C e potássio.

Para a sobremesa: Tente alguns comer algumas frutas frescas como morangos e coloque raspas de chocolate em cima das frutas. Dessa forma a pessoa poderá obter flavonoides, que podem auxiliar a circulação sanguínea saudável.

Crianças e pratos coloridos

De acordo com especialistas, os adultos devem fazer com que as crianças consumam uma grande variedade de alimentos saudáveis – especialmente as frutas e os vegetais.

Uma nova pesquisa cientifica argumentou que simplesmente colocar muita cor no prato do seu filho sem alimentos saudáveis, apenas o fará se divertir, mas não lhe dará os nutrientes necessários ao seu bom desenvolvimento, por isso os pais devem estar sempre atentos à qualidade dos alimentos que oferecem aos seus filhos, pois essa atitude fará diferença no futuro, quando se tonarem adultos.

Segundo os cientistas, as crianças que participaram do estudo preferiram alimentos com lotes da cor e com o prato principal colocada na parte frontal da placa, com desenhos figurativos.

Esse estudo demonstra que as crianças podem comer alimentos mais saudáveis e nutritivos, se seus pais souberem ter um pouco de criatividade e fizer o momento da refeição um divertimento para elas.

Considerações finais

Não é impossível fazer com que as crianças comam legumes ou verduras em suas refeições. Basta que seus pais saibam como colocar mais cor nos pratos servidos organizando os alimentos de forma divertida, mas sem perder de vista que eles devem ter os nutrientes necessários para manter a boa qualidade de vida de seus filhos.

Por Salete Dias

TopBack to Top